(67) 99826-0686
PMCG - REFIS 01 a 30/07/2019

VÍDEO: Ministra Damares firma aliança contra o tráfico de mulheres e crianças em MS

Damares atende reivindicações da deputada Bia Cavassa, da bancada de MS

26 ABR 2019
Redação
13h39min
Foto: Reprodução/Facebook

A deputada federal Bia Cavassa (PSDB) esteve, nesta semana, em encontro com a Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, em Brasília, para dialogar sobre pautas referentes à região pantaneira, em especial acerca Do tráfico de mulheres e crianças em Corumbá.

Conforme o Protocolo de Palermo, adotado pelo Brasil, o tráfico de mulheres e crianças corresponde “ao recrutamento, o transporte, a transferência, o alojamento ou o acolhimento de pessoas, recorrendo à ameaça ou uso da força ou a outras formas de coação, ao rapto, à fraude, ao engano, ao abuso de autoridade ou à situação de vulnerabilidade ou à entrega ou aceitação de pagamentos ou benefícios para obter o consentimento de uma pessoa que tenha autoridade sobre outra para fins de exploração”.

Segundo dados da Polícia Federal divulgados em 2014, Corumbá é uma das maiores rotas do Brasil para tráfico humano, sendo mulheres e crianças o maior percentual para o comércio sexual.

A ministra Damares assegurou à parlamentar que o Governo Federal dará atenção especial ao assunto, já adiantando que haverá, no município de Corumbá, o lançamento de um programa governamental de combate ao tráfico de mulheres e crianças nas regiões de fronteira do Brasil.

Damares também garantiu que o Governo auxiliará na construção da Casa da Mulher Brasileira em Corumbá, que consiste em um centro de atendimento humanizado e especializado no atendimento à mulher em situação de violência doméstica.

A ministra Damares Alves e a deputada Bia Cavassa gravaram um vídeo juntas, disponibilizado nas redes sociais oficiais de ambas, onde relataram, brevemente, sobre a parceria firmada em prol de Corumbá. Assista:

A parlamentar ainda abordou outras questões com a ministra Damares, tais como o desenvolvimento de um Programa de Envelhecimento Ativo e Saudável através dos Conselhos Municipais do Idoso, a criação de políticas públicas para atender o jovem pantaneiro e assim reduzir o índice de jovens usuários de drogas e a evasão escolar, e a capacitação profissional de travestis em parceria com o "Sistema S" que garantirá oportunidades reais de qualificação no mercado de trabalho.

Veja também