TCE Novembro
Menu
segunda, 29 de novembro de 2021 Campo Grande/MS
pmcg revia negocios
Política

VÍDEO: Polícia Federal apreende santinhos com rosto de Lula em MS

PF apreendeu materiais irregulares de campanha petista na Capital e interior do Estado

02 outubro 2018 - 15h10Por Amanda Amaral

A menos de uma semana para o dia do primeiro turno das eleições 2018, no próximo domingo (7), o eleitor campo-grandense Marcelo Tognini publicou vídeo denunciando o que seria um crime eleitoral de campanha petista em Mato Grosso do Sul. Revoltado, ele mostra santinhos do candidato à reeleição para deputado estadual Pedro Kemp (PT), onde aparece também o nome e número de votação do ex-presidente Lula, substituído por Fernando Haddad para concorrer à presidência.

No vídeo, relata que recebeu o material em sua caixa de correio residencial e, antes de ‘queimá-lo’, percebeu a irregularidade. “Pra minha surpresa, tava esse ‘vagabundo’, Pedro Kemp, tá vendo a cara desse marginal? [...] Pra minha surpresa mais ainda, tá ali atrás presidente número 13, candidato Lula. A cara da quadrilha do PT, Humberto Amaducci, Zeca do PT nosso ex-governador, Lula presidente e Pedro Kemp, o vagabundo dono desse material”, diz.

O Art. 323 do Código Eleitoral determina que a divulgação de fatos inverídicos em relação a partidos ou candidatos, que sejam capazes de exercer influência perante o eleitorado, configura crime eleitoral, sujeito à pena de detenção ou multa. A detenção vai de dois meses a um ano, ou pagamento de 120 a 150 dias de multa. A pena é agravada se o crime é cometido pela imprensa, rádio ou televisão.

Em mais de seis minutos de fala, Marcelo ainda diz que prefere resolver a questão frente a frente com Kemp, sem o intermédio de assessor, e que fala por si mesmo, não em nome das páginas de humor que gerencia na rede social. “Isso é contravenção, bandidagem, canalhice [...] espero trombar com o senhor por aí, que o senhor me procure”, finaliza, dizendo que tem intenção de denunciar o caso na Justiça Eleitoral regional.

Apreendido

A Polícia Federal (PF) cumpriu nesta terça-feira (2) 12 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE/MS), nas cidades de Campo Grande, Dourados, Três lagoas, Corumbá e Mundo Novo.

(Fotos: PF/MS/Divulgação)

O objetivo das buscas era apreender material de campanha no qual constava ‘Lula’ como candidato a presidente da República. Os mandados derivam de representação da Procuradoria Regional Eleitoral perante o TRE.

Vídeo

O conteúdo publicado no perfil pessoal de Marcelo foi excluído, mas pode ser conferido abaixo: