Menu
sábado, 31 de outubro de 2020
Política

Votação da PPA não tem previsão, afirma Carla Stephanini

Atraso do projeto

02 dezembro 2013 - 09h39Por Juliene Katayama

O prazo pedido pelo Executivo para apresentar novo projeto do PPA (Plano Plurianual) termina hoje (02). A vereadora responsável pela análise do projeto, Carla Stephanini (PMDB), afirmou que a data de votação depende das correções atenderem às exigências. "Se as correções satisfazerem, conseguiremos votar sem alterar a data da votação do Orçamento", pontuou a peemedebista.

A votação do Orçamento depende da aprovação do PPA. A presidente da Comissão de Orçamento e Finanças da Câmara, vereadora Grazielle Machado (PR), agendou a votação do Orçamento para os dias 17 e 22 de dezembro. Mas, em decorrência do atraso da PPA, a data poderá ser alterada. Para 2014, está previsto orçamento de R$ 2,9 bilhões para Capital.

O PPA foi entregue pela Prefeitura de Campo Grande dentro do prazo legal, mas o projeto não estava de acordo com as normas legais. Para adequar o projeto, o Executivo pediu mais prazo e a Câmara atendeu, permitindo a entrega do novo projeto até hoje.

Segundo Carla, pontos fundamentais não foram incluídos no projeto. Entre eles, a vereadora ressalta as metas e indicadores. As metas são a programação, o planejamento dos programas das secretarias. Já os indicadores são as razões para produzir os programas. 

Com as falhas apresentadas, Carla disse que a diferença entre a despesa e a receita para os dez programas das secretarias soma cerca de R$ 280 milhões. 

Leia Também

Presidiários e policiais são flagrados em festinha em presídio no Paraguai
Interior
Presidiários e policiais são flagrados em festinha em presídio no Paraguai
Na Lata: bolsonarista defende Pedro Kemp e paga mico ao denunciar candidato do PSL
Na Lata
Na Lata: bolsonarista defende Pedro Kemp e paga mico ao denunciar candidato do PSL
Candidatos fazem críticas e prometem investir em empregos e educação em horário noturno
Cidade Morena
Candidatos fazem críticas e prometem investir em empregos e educação em horário noturno
Em 24 horas, 508 brasileiros morrem de covid-19, diz Ministério da Saúde
Geral
Em 24 horas, 508 brasileiros morrem de covid-19, diz Ministério da Saúde