Reforma
(67) 99826-0686
Camara - marco

Repórter Top: viagem vira dia de cão com calor e goteiras para passageiros de MS

Os passageiros passaram mais seis horas irritados pela situação precária do veículo

27 DEZ 2018
Dany Nascimento
11h30min
Foto: Repórter Top

Após passar o Natal confraternizando com a família em Ponta Porã, um grupo de campo-grandenses passou ‘apuros’ ao se deslocar para Campo Grande na tarde de quarta-feira (26). Após pagar R$ 87 no intermunicipal da viação ‘Cruzeiro do Sul’, usuários enfrentaram diversas surpresas nada agradáveis.

Uma passageira de 51 anos, que não teve o nome identificado, registrou imagens dos problemas que encarou em uma viagem de mais de seis horas até a Capital. “Quando começamos a viagem, já percebemos o calor que estava. Pegamos os últimos lugares, bem perto do banheiro, ali o ar condicionado não chega, passamos muito calor. Fomos até a frente do ônibus para reclamar para o motorista, mas na frente, o ar condicionado pegava, só para o pessoal de trás que não”.

Além do calor, a passageira destaca que durante o trajeto começou a chover e, para a surpresa dos usuários, dentro do ônibus também. “Tinha muita infiltração, a água começou a entrar no ônibus sem parar. Reclamamos ao motorista e ele falou que não podia fazer nada. Chovia na gente, além do calor, ficamos pegando goteiras dentro do ônibus”.

Mas a surpresa não para por aí. Conforme a passageira, faltava água no banheiro e o odor dentro do veículo era insuportável. “O mau cheiro estava forte, não tinha água para dar descarga, o vaso não tinha tampa para ao menos tentar amenizar o fedor. Foi horrível, uma das piores viagens da minha vida. Todo mundo mal, foi horrível”.

Ela afirma ainda, que diante das reclamações, o motorista começou a acelerar na rodovia. “Ele passava caminhões, corria muito e em outros pontos, ficava parando sem parar. Toda hora parava e corria na rodovia para compensar o tempo”.

Cruzeiro do Sul Transportes

O TopMídiaNews entrou em contato com a empresa responsável pelo veículo e conforme o supervisor de tráfego, Luiz Fernando da Silva Arantes, a equipe não recebeu nenhum tipo de reclamação por parte dos usuários. “Temos meios para o passageiro passar informações para a gente, que é via facebook, celular, ou pela ouvidoria no nosso site, mas até agora, não chegou reclamação para nossa equipe. Não tem como falar o que aconteceu. Nenhum dos meios que o cliente tem acesso tem uma reclamação deste tipo”.

De acordo com Luiz, os usuários devem formalizar as reclamações através do site da empresa, pela página Cruzeiro do Sul Transportes no Facebook ou através do email cg.sup.trafego@cruzeirodosulms.com.br.

Veja também