Menu
sexta, 23 de outubro de 2020
Saúde

Anvisa proíbe venda de 22 novas drogas sintéticas no país

Drogas

18 fevereiro 2014 - 21h00Por Da redação

A diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária ampliou, na manhã de hoje, a lista de drogas sintéticas proibidas no país. Assim, 22 substâncias serão incluídas na categoria de psicotrópicos de uso e venda proibidos no Brasil.


São substâncias com efeitos alucinógenos e estimulantes, semelhantes a drogas já banidas como Ecstasy e LSD. A lista, integrada por alucinógenos compostos da série NBOMe e pela metilona, atende em parte a pedidos da Polícia Federal e outras autoridades de repressão às drogas.


Com a aprovação, o uso e a venda dessas "novas" drogas passam a ser crimes no Brasil. Para isso, porém, ainda é preciso que a Anvisa publique uma resolução com a decisão desta terça o que deve ocorrer ainda essa semana.


Das 22 substâncias, o alucinógeno 2C-B teve a categoria trocada: deixou de ser sujeito a controle especial e se tornou proibido no país.


Outras duas substâncias o tapentadol e a teriflunomida foram incluídas na lista de drogas sujeitas a controle especial. Ambos estão presentes em medicamentos que podem chegar ao mercado.

Leia Também

Foi pressão? Anvisa libera 6 milhões de doses da vacina chinesa em SP
Geral
Foi pressão? Anvisa libera 6 milhões de doses da vacina chinesa em SP
Pode isso Arnaldo? FETEMS escolhe petista para mediar debate
Cidade Morena
Pode isso Arnaldo? FETEMS escolhe petista para mediar debate
Para eleger sucessor, prefeito de Costa Rica triplica gasto com publicidade
ELEIÇÕES 2020
Para eleger sucessor, prefeito de Costa Rica triplica gasto com publicidade
Pandemia ou anti-vacina? Campanhas para imunizar crianças patinam em Campo Grande
Saúde
Pandemia ou anti-vacina? Campanhas para imunizar crianças patinam em Campo Grande