Maracaju II dengue agosto 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
terça, 16 de agosto de 2022 Campo Grande/MS
Lobo Guará
Saúde

Bilionário morre em cirurgia para aumento de pênis

Ricaço sofreu uma parada cardíaca quando um líquido foi injetado no 'amiguinho'

07 março 2019 - 07h30Por Da redação/Meia Hora

O bilionário mercador de diamantes Ehud Arye Laniado, 65 anos, morreu enquanto passava por uma cirurgia para aumentar o pênis, em uma clínica particular em Paris. O bilionário sofreu uma parada cardíaca quando um líquido foi injetado em seu membro, informou o DailyMail.

Belga de origem israelense, Laniado, 65 anos, era dono da Omega Diamonds, com sede na Antuérpia, Bélgica, começou a negociar diamantes aos 20 anos, na África. O corpo será enterrado em Israel.

Em 2015, Laniado vendeu, por meio de leilão na Sotheby's, o diamante mais caro do mundo, conhecido como Lua Azul Josephine, por 48,4 milhões de dólares (cerca de R$ 182,5 milhões na época), comprado por um bilionário de Hong Kong.

Em 2013, ele e o sócio Sylvain Godberg foram investigados por evasão fiscal e pagaram multa de 160 milhões de euros (quase R$ 700 milhões). Estava sendo investigado novamente por sonegação fiscal na importação de pedras preciosas de Angola e Congo seria ouvido no dia 14 de março.