Menu
sexta, 30 de julho de 2021
Saúde

Bilionário morre em cirurgia para aumento de pênis

Ricaço sofreu uma parada cardíaca quando um líquido foi injetado no 'amiguinho'

07 março 2019 - 07h30Por Da redação/Meia Hora

O bilionário mercador de diamantes Ehud Arye Laniado, 65 anos, morreu enquanto passava por uma cirurgia para aumentar o pênis, em uma clínica particular em Paris. O bilionário sofreu uma parada cardíaca quando um líquido foi injetado em seu membro, informou o DailyMail.

Belga de origem israelense, Laniado, 65 anos, era dono da Omega Diamonds, com sede na Antuérpia, Bélgica, começou a negociar diamantes aos 20 anos, na África. O corpo será enterrado em Israel.

Em 2015, Laniado vendeu, por meio de leilão na Sotheby's, o diamante mais caro do mundo, conhecido como Lua Azul Josephine, por 48,4 milhões de dólares (cerca de R$ 182,5 milhões na época), comprado por um bilionário de Hong Kong.

Em 2013, ele e o sócio Sylvain Godberg foram investigados por evasão fiscal e pagaram multa de 160 milhões de euros (quase R$ 700 milhões). Estava sendo investigado novamente por sonegação fiscal na importação de pedras preciosas de Angola e Congo seria ouvido no dia 14 de março.