Reforma
(67) 99826-0686
Camara - marco

CORRENDO CONTRA O TEMPO: mãe luta por vaga em hospital para criança com suspeita de meningite

Mãe relata desespero e Sesau afirma que paciente deve passar por nova avaliação

13 MAR 2019
Rodson Willyams
11h15min
Foto: André de Abreu / Arquivo

A auxiliar administrativa Michelle Ferreira Guimarães, 34 anos, pede ajuda para conseguir transferir a filha de 12 anos, que está internada na UPA Universitário com suspeita de meningite. A menina passou mal na noite da última segunda-feira (11) e segue na espera de uma vaga em um hospital de Campo Grande.

Segundo Michelle, a filha deu entrada na UPA por volta das 22 horas, após ser encontrada desmaiada no chão da cozinha. "Jantamos e todo mundo foi dormir. Depois de um certo tempo encontramos ela desmaiada no chão da cozinha e levamos ela para o Hospital".

"Lá, ela desmaiou novamente, não sentia as pernas e, após outro episódio de desmaio, não reconhecia a gente e reclamava de muita dor na cabeça e na nunca. Falava que não conseguia baixar a cabeça", relata a mãe.

A menina segue internada na UPA Universitária e a mãe relata preocupação. "Hoje ela está um pouco melhor, deram soro e voltou a mexer as pernas. Mas eles falam que ela não pode sair porque, como é suspeita de meningite, ela tem que ir para um hospital e não tem vaga".

A assessoria de imprensa da Sesau informou que "a paciente encontra-se em processo de regulação com prioridade 1, com urgência. O médico solicitou a reavaliação do quadro clínico para fazer o encaminhamento para uma unidade hospitalar. Isso deve ocorre ainda hoje".

Doença grave

O neto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva Arthur Lula da Silva, Arthur de 7 anos, morreu no início deste mês vítima de meningite meningocócica, em São Paulo. O menino deu entrada no Hospital Bartira, em Santo André, no ABC Paulista, às 7h20 com "quadro instável" e faleceu às 12h11 "devido ao agravamento do quadro infeccioso de meningite meningocócica".

Veja também