TCE Novembro
Menu
segunda, 29 de novembro de 2021 Campo Grande/MS
CONSTRUINDO O SABER 29/11 A 29/12
Saúde

Em MS, quase 200 pessoas aguardam doações de córneas e rins

Na última captação de órgãos realizada no Estado, quatro pessoas foram beneficiadas com as doações

03 setembro 2018 - 19h00Por Diana Christie

Hoje, 104 pessoas aguardam na fila para transplante de córneas e 71 pessoas esperam por um rim em Mato Grosso do Sul. Os dados são da Central Estadual de Transplantes, que foram divulgados pela assessoria da Unimed.

Na última captação de órgãos realizada no Estado, através do Hospital da Unimed, quatro pessoas foram beneficiadas com as doações, efetuadas pela família de um paciente com morte encefálica.

Um único doador pode salvar inúmeras vidas já que, dependendo da idade, ele pode doar coração, pulmões, fígado, pâncreas, intestino, rins, córnea, vasos, pele, ossos e tendões. Em Campo Grande, a Santa Casa possui, inclusive, um banco de córneas.

A doação só é realizada se a família do paciente autorizar. Por isso, é importante que os interessados manifestem o desejo em vida para amigos e parentes. O gesto pode mudar a vida de várias pessoas.

Segundo a assessoria da Unimed, pensando na segurança dos receptores, depois da certificação da morte encefálica, são realizados exames para validar o paciente como doador ou não, pois existem critérios de inclusão e exclusão de órgãos que precisam ser seguidos.

O procedimento conta com o apoio da Organização de Procura de Órgãos (OPO), que possui a atribuição de realizar a busca ativa de potenciais doadores (visita leito a leito), o acolhimento familiar após a autorização da doação e também acompanhamento da cirurgia.