Menu
Busca sexta, 15 de novembro de 2019
Saúde

Marido de Lulu Santos é impedido de doar sangue e desabafa nas redes sociais

Clebson Teixeira tentou fazer uma boa ação na última semana e descobriu que não poderia fazer por ser gay

05 novembro 2019 - 11h42Por Luis Abraham

O marido do cantor Lulu Santos, Clebson Teixeira, tentou fazer uma boa ação na última semana e descobriu que não poderia fazer pelo simples fato de ser gay. Em uma postagem ele desabafou sobre o ocorrido e recebeu apoio das redes sociais. De acordo com informações do Meia Hora, o Ministério da Saúde trata sobre o tema no inciso IV do artigo 64 da Portaria 2.712, “para uma pessoa ser apta a doar sangue é preciso que ela esteja em abstinência sexual com outro homem por pelo menos 12 meses.”

Em outras palavras, o dispositivo inviabiliza a doação de sangue por um adulto homossexual, que esteja em um relacionamento sério. Clebson ficou revoltado e expôs nas redes sociais o ocorrido. “Essa semana descobri que para fazer uma boa ação preciso ficar no mínimo 12 meses sem sexo”. E explicou o motivo da doação: “no início da semana a filha recém-nascida de uma grande amiga precisou de uma transfusão de sangue (ela nasceu prematura). No grupo do trabalho ela perguntou quem poderia ajudá-la…”.

Muito solícito, ao pedido da amiga, se dispôs a ajudá-la doando de sangue, mas disse que sabia que poderia ser impedido. “Logo me dispus a ser um dos doadores, porém relatei que possivelmente eu não estaria apto a realizar a doação, já que há algum tempo havia escutado uma história de que o ‘sistema’ possui restrições a doações de homoafetivos”, disse ele.

Clebson também explicou quais são as justificativas que o Ministério da Saúde utiliza para barrar a doação de sangue de homossexuais: “A justificativa é que assim como os usuários de drogas injetáveis, também fazemos parte de um grupo chamado 'grupo de risco', em que homossexuais do sexo 'masculino' estão sujeitos a uma maior exposição ao vírus HIV”.