Maracaju III agosto verde 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
quarta, 17 de agosto de 2022 Campo Grande/MS
Agosto Lilás II Governo Agosto 2022
Saúde

Ministro Mandetta diz que investiga caso suspeito de coronavírus em MG

O surto de coronavírus provocou 106 mortes na China, onde o número de infectados passa de 4,5 mil

28 janeiro 2020 - 11h04Por Rayani Santa Cruz

Nesta terça-feira (28), o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, informou que a pasta investiga uma paciente que apresentou sintomas "compatíveis" com o coronavírus em Minas Gerais. O Ministério da Saúde classificou o risco do Brasil para o nível 2, que significa "perigo iminente".

Segundo o G1, a paciente de Minas Gerais, é uma estudante de 22 anos que viajou para Wuhan, na China. Ela chegou em território brasileiro no dia 24 de janeiro. Segundo ministro, a estudante está num hospital de alta organização na área de infectologia. Todas as 14 pessoas que tiveram contato com a estudante também estão sendo "monitoradas".

O ministro alerta que o caso é suspeito e pelo protocolo as análises e exames que irão comprovar e dar a certeza. 

Nesta terça, representantes do Ministério da Saúde vão participar de uma reunião com a Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre o tema. Mandetta disse que o Instituto Butantã participará de um "esforço internacional" para a produção de uma vacina contra o coronavírus.

O surto de coronavírus provocou 106 mortes na China, onde o número de infectados passa de 4,5 mil. De todas as mortes até o momento, 100 foram registrada na província de Hubei, onde fica a cidade de Wuhan, epicentro da contaminação. Ao menos 15 países em 4 continentes já confirmaram casos importados da doença.