TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
sexta, 01 de julho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
Saúde

Primeiro paciente infectado em Anastácio desabafa: "Eu não queria ser o primeiro"

“Eu queria pedir para a população ficar tranquila, pois eu não vou transmitir esse vírus para mais ninguém", disse

26 maio 2020 - 11h21Por Nathalia Pelzl

Nesta segunda-feira (25), Anastácio confirmou o primeiro caso de paciente infectado pelo coronavírus, se trata de um jovem de 28 anos.

Ao site O Pantaneiro, o rapaz falou contou que estava em Curitiba, em busca de um trabalho desde abril com o irmão.
“Eu morava com o meu primo lá e ele se infectou mesmo tomando todos os cuidados. Também me infectei, mesmo usando máscara e passando álcool na mão”, conta.

O primo dele apresentou sintomas, mas por não necessitar de respiradores ficou em casa, cumpriu a quarentena e já está recuperado.

Como estava em isolamento, o jovem contou que decidiu voltar para casa, mas não conseguiu fazer o teste antes de chegar a Anastácio.

“Parei em Campo Grande, busquei informações no Corpo de Bombeiros, mas lá eles não estão fazendo teste em quem está assintomático. Até então eu não sabia se estava contaminado, queria fazer o teste por medo”, explica.

Ainda ao site, ele contou que alguém da cidade avisou a Vigilância Sanitária que o pai estava retornando com os irmãos de outro Estado. A família chegou na sexta-feira (22), em uma noite de chuva e que não havia barreira sanitária.

Pai e filhos estão sem sair de casa desde que chegaram e a mãe está morando temporariamente na casa de outra filha, por ser do grupo de risco.

Dos três, apenas Ivan deu positivo para covid-19.  “Eu não saí na rua, não passei em lugar nenhum da cidade! Eu entendo o sentimento de revolta, mas ninguém quer ser transmissor ou causar mal a ninguém. Peço perdão, pois eu não fui lá [Curitiba] para pegar vírus, eu fui para buscar uma vida melhor em uma área de trabalho promissora”, cita Ivan sobre as mensagens que estão enviando sobre ele.

“Eu queria pedir para a população ficar tranquila, pois eu não vou transmitir esse vírus para mais ninguém. Estamos tomando todos os cuidados. Eu entendo o sentimento deles, é o primeiro caso na cidade. Eu não queria ser o primeiro caso”, conclui o rapaz.