(67) 99826-0686

Rosberg coloca Mercedes no topo em Cingapura. Hamilton abandona sessão

Após RBR e Ferrari surpreenderem na sessão inicial, alemão é mais veloz no 2º trein

16 SET 2016
Dany Nascimento
12h33min
Foto: Getty Images

Depois de ser desbancada por RBR e Ferrari no 1º treino livre, a Mercedes, com Nico Rosberg, deu sinais de que continua como a equipe a ser batida na Fórmula 1, mesmo em um circuito não tão favorável ao seu carro, como no caso de Marina Bay. No 2º treino livre para o GP de Cingapura, o alemão vice-líder da temporada fez o melhor tempo desta sexta, 1m44s152. Já seu companheiro Lewis Hamilton, líder do campeonato, não teve a mesma sorte. Em razão de um problema hidráulico, o britânico deu apenas dez voltas, deixou a sessão precocemente e terminou somente em 7º, com 1m45s275.

Apesar do retorno da Mercedes ao topo, a briga pela vitória na corrida deste domingo  tem tudo para ser equilibrada entre as três principais equipes do grid. Isso porque Kimi Raikkonen (Ferrari) terminou em segundo com 1m44s427, a apenas 0s275 de Rosberg, e Max Verstappen (único com motor atualizado da RBR) foi o terceiro, a somente 0s380 do alemão. Daniel Ricciardo (RBR) e Sebastian Vettel (Ferrari) vieram a seguir, completando o top 5.

Assim como no 1º treino livre, Felipe Massa terminou a sessão na frente de seu companheiro de Williams, Valtteri Bottas. O experiente brasileiro, que se aposentará da F1 ao fim da temporada, ficou em 14º, com 1m46s856, logo à frente do finlandês, o 15º com 1m46s960. Felipe Nasr também voltou a levar a melhor sobre o parceiro. O jovem da Sauber fechou o dia em 18º, com o tempo de 1m47s531, enquanto Marcus Ericsson foi o 20º, com 1m48s487.

Os pilotos voltam à pista às 7h de sábado para o 3º treino livre. Pouco depois o SporTV exibe o treino classificatório, às 10h. A TV Globo transmite o GP de Cingapura ao vivo no domingo, a partir das 9h. Restando sete etapas para o fim da temporada, Lewis Hamilton lidera com 250 pontos, apenas dois a mais que Nico Rosberg. Felipe Massa é o 10º com 41, Felipe Nasr segue zerado.  

Veja também