Corrida Cassems
studio center
(67) 99826-0686

Votos de Marun e Elizeu salvam Michel Temer de processo de impeachment

Deputados de MS votaram contra relatório do deputado Sérgio Zveiter que recomendou investigação

13 JUL 2017
Thiago de Souza
18h30min
Elizeu e Marun votaram contra investigação de Temer Foto: Wesley Ortiz
politica-interna1
semana do transito

Os votos dos deputados Elizeu Dionízio (PSDB) e Carlos Marun (PMDB) ajudaram a salvar o presidente Michel Temer de ser investigado pelo STF por corrupção passiva. O placar da votação na CCJ, que rejeitou parecer contra o presidente foi de 40 votos contra e 25 a favor do relatório.

O voto de Carlos Marun contra o relatório do deputado Sérgio Zveiter (PMDB/RJ) não foi nenhuma novidade, visto que o parlamentar é defensor ferrenho do presidente Michel Temer (PMDB).

Já Elizeu Dionízio ficou a favor do presidente da República, mesmo tendo liberdade para escolher seu voto, já que o partido tucano não orientou sua bancada.

Um novo relator, deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG) foi designado para apresentar um parecer pela não autorização ao STF para investigar Temer. Este parecer será encaminhado para votação pelo Plenário da Câmara. Abi-Ackel é autor de um voto em separado que já está no sistema da Câmara, e fará agora apenas a leitura do seu voto.

Na votação, o CCJ tinha quórum de 60 deputados, sendo 40 contra o relatório, 25 a favor e uma abstenção.

Veja também