TJMS - Setembro
(67) 99826-0686

Para dividir responsabilidade, Palmeiras fará rodízio de capitães

Contra o Junior Barranquilla, na quarta-feira, Fernando Prass foi o escolhido para liderar o Verdão

18 MAI 2018
Globo Esporte
09h16min
Foto: Marcos Ribolli

Algo comum desde a campanha que deu ao Palmeiras o título do Campeonato Brasileiro de 2016, Dudu não será mais o único capitão da equipe. Em conversa entre comissão técnica e jogadores, ficou decidido que o Verdão terá um rodízio de líderes para assumir a função a partir de agora.

Na última quarta-feira, por exemplo, com Dudu em campo, Fernando Prass foi o escolhido para usar a braçadeira. O goleiro não se envolveu na escolha, mas explicou como a mudança pode ser benéfica ao grupo.

– Eu não participei (da conversa). Muita gente falou de tirar o foco do Dudu, mas é mais para mostrar para os outros que são responsáveis também. Às vezes, fica muito cômodo para o jogador se esconder atrás de quem tem mais visibilidade e do capitão. É bom. É igual com filho, quando vai crescendo vai dando mais responsabilidade. É um pouco disso, para dentro do grupo termos noção de que todo mundo é responsável – disse Prass.

Após a partida contra o Junior Barranquilla, Dudu revelou que a decisão partiu de uma conversa dele com o técnico Roger Machado e com o diretor Alexandre Mattos. A ideia é evitar que uma pessoa assuma toda a cobrança e que a responsabilidade seja dividida entre todos.

– A gente entrou num consenso. Conversei com o Roger e com o Alexandre que era bom rodar a faixa para todos do grupo terem uma responsabilidade também no momento que a gente está vivendo – afirmou.

Com três cartões amarelos, Dudu será desfalque neste sábado, quando o Palmeiras recebe o Bahia na arena, às 21h, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Atletas mais experientes, casos de Jailson, Edu Dracena e Felipe Melo, podem assumir a função de capitão nesta partida.

Veja também