(67) 99826-0686
ALMS 13/06 a 12/07

Casal tem foto de beijo boicotada por loja, mas ganha espaço para celebrar o amor

De acordo com o rapaz, uma representante da loja pediu uma imagem que não tivesse beijo, pois o estabelecimento possui muitos clientes conservadores

12 JUN 2019
Da redação/Edição de Notícias
09h20min
Foto: Reprodução/Edição de Notícias

Ao mesmo tempo em que a criminalização da LGBTfobia avança no STF (Supremo Tribunal Federal), homossexuais continuam sofrendo com o peso do preconceito. Foi o que aconteceu em Coxim com o funcionário público Uéliton Silva, de 28 anos.

Ele mandou uma foto beijando o namorado para uma loja da cidade, que fazia promoção do Dia dos Namorados, que é celebrado nesta quarta-feira, 12 de junho, mas foi boicotado. Em resumo, o interessado deveria mandar para o whatsapp da loja uma foto beijando seu amor.

Uma determinada quantidade de pessoas concorreria a um vale compras. Uéliton não pensou duas vezes, selecionou uma foto beijando o seu amor, o comissário de voo Claudemir Oliveira, de 38 anos, e enviou para o whatsapp divulgado.

Certo de que participaria da promoção, mais do que isso, de que celebraria o amor, o funcionário público ficou aguardando a publicação. Entretanto, no dia seguinte, uma representante da empresa entrou em contato com ele pedindo que ele mandasse outra foto.

De acordo com Uéliton, essa representante pediu uma imagem que não tivesse beijo, pois a loja tinha muitos clientes conservadores. “Ela iniciou a conversa dizendo que não tinha nenhum tipo de preconceito e fez o pedido de outra foto. Não deixei por menos e indaguei, se isso não for preconceito, o que é então?”, ponderou.

No contato feito com o Edição MS, o funcionário público informou que não mandou outra imagem, pois a encaminhada atendia as regras da promoção, que era uma foto dando um beijo no seu amor.

“Achei uma tremenda falta de respeito, pois respeitar o jeito de cada ser humano viver é o mínimo que todos deveriam fazer”, enfatizou Uéliton. É bom lembrar que seis dos 11 ministros do STF já sinalizaram pela criminalização da LGBTfobia. Então, muito cuidado. A pauta deve ser aprovada no próximo dia 5.

(Foto: reprodução/Edição de Notícias)

Celebrando o amor, sempre

Os dois se conheceram através das redes sociais. Foi o Instagram que apresentou o casal, em outubro de 2018. O primeiro encontro aconteceu em 31 de dezembro. Ano novo, vida nova e longa para celebrar o amor.

Apesar de Uéliton morar em Coxim e Claudemir em São Paulo eles tem conseguido manter o namoro a distância com encontros periódicos. Em seis meses de namoro a dupla já coleciona muitos momentos marcantes, viagens e imagens de dar inveja em qualquer apaixonado.

O morador de Coxim garante que a distância não atrapalha, apesar da saudade. Ele conta que desde que se encontraram pela primeira vez o amor cresce a cada dia. Os planos são diários e a vontade de ficarem juntos maior ainda.

Veja também