Menu
quarta, 27 de outubro de 2021 Campo Grande/MS
Algo mais

Movimentos culturais pressionam Câmara para votar recursos

Emperrado

03 dezembro 2013 - 08h56Por Juliene Katayama

Integrantes do Fórum de Cultura e Conselho Municipal de Cultura articulam, na sessão de hoje (3), da Câmara Municipal de Campo Grande para que a votação da proposta que destina 1% da receita para o fomento e difusão de atividades culturais. O projeto sincroniza a lei municipal com a Constituição Federal que instituiu o Sistema Nacional de Cultura (SNC), em 2012. 

No texto da proposta o art. 183 instituirá o Sistema Municipal de Cultura no Município de Campo Grande, que deverá ser organizado em regime de colaboração, de forma descentralizada e participativa, instituindo um processo de gestão e promoção conjunta de políticas públicas de cultura, democráticas e permanentes, pactuadas entre os entes do Município e a sociedade.

A vereadora Luiza Ribeiro (PPS) apoia o movimento e acredita que além de institucionalizar os órgãos que fazem a gestão da cultura, a criação do Sistema Municipal garante a participação e o controle da sociedade na definição e avaliação das políticas públicas desenvolvidas pelo Município.

“A criação do Sistema deve garantir o acesso da capital a recursos federais do Fundo Nacional de Cultura. Já a proposta do 1% torna lei o valor a ser aplicado pelo poder público municipal no fomento e difusão cultural. Isso garante o fluxo de atividades  no município fazendo com que se crie a economia da cultura porque, necessitamos olhar o investimento as atividades culturais, como economica que gera um cadeira de empregos e serviços”, comentou a vereadora que precisa de 2/3 , ou seja 20 votos, dos vereadores para aprovar a proposta que deve entrar em vigor a partir de 2014.

Leia Também

Autor de Vale Tudo: Gilberto Braga morre aos 75 anos
Geral
Autor de Vale Tudo: Gilberto Braga morre aos 75 anos
Multidão aglomera em funerária na espera de ressurreição de pastor
Geral
Multidão aglomera em funerária na espera de ressurreição de pastor
CPI aprova relatório final e acusa Bolsonaro de nove crimes
Política
CPI aprova relatório final e acusa Bolsonaro de nove crimes
Mãe que deixou filha ser abusada por padrasto tem pena reduzida em Nova Alvorada do Sul
Interior
Mãe que deixou filha ser abusada por padrasto tem pena reduzida em Nova Alvorada do Sul