Menu
domingo, 26 de setembro de 2021 Campo Grande/MS
Campo Grande

Atropelador de garoto na Três Barras é réu por assassinato e tráfico de drogas

Adolescente de 16 anos está em estado grave na Santa Casa

13 setembro 2021 - 07h00Por TopMídiaNews

Carlos Ronaldo Borges, 40 anos, é o motorista que atropelou e deixou um adolescente de 16 anos, gravemente ferido, na tarde de sábado (4), na avenida Três Barras, em Campo Grande. Ele é réu por assassinato em Ponta Porã e já cumpriu pena por tráfico de drogas. 

Borges, conhecido como ‘’Chiqui’’ foi solto durante audiência de custódia, nesta segunda-feira (6). A prisão ocorreu porque ele fugiu do local e não prestou socorro à vítima. Há contra ele também um termo circunstanciado de ocorrência, por ter forjado o roubo da caminhonete que dirigia e assim se livrar da responsabilidade do acidente. 

A Justiça impôs que Carlos Ronaldo use tornozeleira eletrônica e não saia de casa no período noturno e aos finais de semana. 

Crimes

O atropelador tem um passado criminoso. Em fevereiro de 2009, Carlos atirou pelas costas e matou Rogério Ximenes Luciano, em Ponta Porã, em razão de discussão anterior. Na mesma ocasião, Carlos Ronaldo baleou outros dois homens. 

Chiqui fugiu após o crime. O julgamento ainda não ocorreu em razão dos atrasos causados pela pandemia da covid-19.     

Tráfico 

Na denúncia do Ministério Público, Carlos Ronaldo ‘’montou uma rede dedicada ao tráfico de cocaína e de crack’’. A droga era armazenada em Campo Grande e repassada a diversos comparsas para ser distribuída em cidades do interior. 

‘’As provas coligidas demonstram que as drogas eramcomercializadas, no mínimo, nas cidades de Bonito-MS, Sidrolândia-MS, São Gabriel do Oeste-MS e Nova Alvorada do Sul-MS’’, diz trecho da denúncia do MPE. Ainda não consta julgamento para este  caso. 
O motorista passou tempos preso no Presídio de Dois Irmãos do Buriti. 

Mais droga

Em setembro de 2010, Carlos Ronaldo e um adolescente foram flagrados pela polícia transportando 147 kg de maconha, na rodovia MS-276, em Ivinhema. Borges foi julgado em condenado em 2012. 

Leia Também

Entre resgates e socorros, Corpo de Bombeiros atuam em mais 7 mil incêndios em MS
Cidades
Entre resgates e socorros, Corpo de Bombeiros atuam em mais 7 mil incêndios em MS
Nego do Borel é intimado a prestar depoimento sobre tentativa de estupro
Geral
Nego do Borel é intimado a prestar depoimento sobre tentativa de estupro
Investigação é contra membros da antiga diretoria, diz APAE em MS
Interior
Investigação é contra membros da antiga diretoria, diz APAE em MS
Adolescente morre após sofrer descarga elétrica enquanto usava chapinha
Geral
Adolescente morre após sofrer descarga elétrica enquanto usava chapinha