Menu
segunda, 25 de outubro de 2021 Campo Grande/MS
Campo Grande

Contra onda de violência, Guarda Municipal começa a atuar na UFMS em 2019; PM já atua no local

Parceria entre prefeitura da Capital e universidade oferece capacitação a agentes

11 dezembro 2018 - 17h00Por Amanda Amaral

A Cidade Universitária, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) em Campo Grande, passa a contar com o policiamento da Guarda Municipal a partir de 2019. Serão 12 agentes, divididos em turnos de três, para garantir a segurança de cerca de 15 mil pessoas circulando pelo local, mais 60 mil no entorno. A Polícia Militar já faz esse trabalho na região.

A assinatura da parceria entre a reitoria da UFMS e a Prefeitura de Campo Grande ocorreu na tarde desta terça-feira (11). Em contrapartida ao ganho na proteção, a universidade passa a direcionar parte de vagas de diversos cursos de capacitação aos guardas municipais, como especialização em gestão de segurança pública, mas também outros, como espanhol e inglês.

Ainda, foram doados ao acervo da guarda 19 revólveres calibre .38 que faziam parte do material de atuação da segurança da UFMS. Isso porque foi determinado, em 2017, que não é autorizado uso de armas de fogo por funcionários contratados e administrados por universidades federais.

Prefeito da Capital, Marquinhos Trad destaca que o assunto era conversado há pelo menos um ano entre as partes. “É um ato para frear o ímpeto daqueles que não sabem viver em sociedade com princípios, e para garantir a segurança de quem precisa se sentir seguro, para que meninas não sejam violentadas, aquele com seu boné, tênis, volte pra casa com o que é seu, não seja roubado”, diz.

Reitor da universidade, Marcelo Turine explica que a guarda terceirizada continua a atuar nos campi e que protege, sobretudo, a rotina e o patrimônio da universidade, e que a Polícia Civil continua a fazer rondas regulares pelo local. “Estamos aumentando o efetivo de terceirizados, e aumentamos as câmeras. Hoje são mais de 150, tudo pra garantir que as pessoas circulem por aqui com tranquilidade”, afirma.

Um posto da Guarda Municipal fica logo na entrada principal da universidade, equipado com wi-fi, ar-condicionado e computadores. Os agentes começam a atuar em janeiro de 2019.

Leia Também

Jovem que matou namorada no trânsito alega ter filho autista e juiz devolve CNH
Campo Grande
Jovem que matou namorada no trânsito alega ter filho autista e juiz devolve CNH
Maioria reprova trabalho da Energisa durante apagões em Mato Grosso do Sul
Cidades
Maioria reprova trabalho da Energisa durante apagões em Mato Grosso do Sul
Coletor de lixo é visto por empresário e vira modelo de loja para noivos
Geral
Coletor de lixo é visto por empresário e vira modelo de loja para noivos
Bolsonaro diz que paciência do povo se esgotou com aumento dos combustíveis
Economia
Bolsonaro diz que paciência do povo se esgotou com aumento dos combustíveis