TCE Novembro
TJMS DEZEMBRO
Menu
sábado, 04 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
CONSTRUINDO O SABER 29/11 A 29/12
Campo Grande

Festival de mato, bichos peçonhentos e fezes atormentam moradores do Vespasiano Martins

A população afirma que encontra diariamente cobras, aranhas e escorpiões dentro de casa

18 novembro 2018 - 18h10Por Dany Nascimento

Os moradores do bairro Vespasiano Martins ‘gritam’ por socorro já que encaram dias caóticos na região há anos e sonham com a extinção do matagal que toma conta das ruas. Eles afirmam que diariamente se deparam com ratos, escorpião, cobras, lagartos e até tamanduá ao trafegar nas ruas que estão encobertas por matagal.

De acordo com a moradora Sirlene da Silva Lima, 40 anos, que mora há 20 anos no bairro, a situação coloca a vida de crianças em risco. “As crianças não sabem que é perigoso, ficam brincando ali na rua e acabam correndo risco. Aparece cobra direto aqui, é complicado para todos os moradores”.

A dona de casa destaca que já encontrou até tamanduá ao percorrer as ruas. “Imagina se uma criança tenta chegar perto de um bicho desse, ele ataca para se defender. Estamos correndo risco aqui. A prefeitura faz muito tempo que não toma uma atitude aqui, precisamos de limpeza, precisamos de apoio”.

Welison Silva Lopes, 42 anos, que reside há 10 anos no bairro Vespasiano Martins disse ao TopMídiaNews que além do matagal, os moradores sofrem com a tubulação utilizada para instalar esgoto no local, já que utilizaram encanação pequena. “Quando chove, o cano do esgoto não dá conta, daí sobe toda a sujeira para a frente das casa. O cano não aguenta, ele é muito pequeno, além do problema com matagal, ainda enfrentamos problema com fezes”.

Ele afirma que vive se deparando com cobras dentro de casa. “Direto tem cobra aqui dentro de casa por conta do mato das ruas. Não podemos sair limpando as ruas, pagamos imposto para que isso seja feito. Espero que isso mude, enfrentamos isso há muito tempo”.

José Cruz da Silva, 44 anos, que também reside há uma década na região, diz que já solicitou serviços da prefeitura, mas nunca foi atendido. “Eu já liguei, já tentei pedir atenção para nossa região, mas não adianta. Não somos atendidos, somos periferia, estamos abandonados e acho difícil isso mudar”.

Prefeitura

O TopMídiaNews entrou em contato com a prefeitura, que informou que  " reclamação sobre a manutenção das ruas será encaminhada ao setor responsável da SISEP para providências. Já quanto a tubulação de esgoto, a demanda deve ser encaminhada à Águas Guariroba".