TCE JUNHO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
segunda, 27 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Campo Grande

Marquinhos reclama de empresas que só pensam em dinheiro e faz novo alerta contra coronavírus

"Fiquem em casa, tem gente que não está levando a sério, precisamos de todos', disse o prefeito

23 março 2020 - 16h26Por Dany Nascimento

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) voltou a se comunicar com a população através de uma live no Facebook, na tarde desta segunda-feira (24), dando destaque para aqueles que continuam desrespeitando as recomendações da prefeitura durante o toque de recolher.

O Chefe do Executivo disse que tomou medidas drásticas porque são necessárias para vencer a pandemia de Coronavírus. “Ontem tivemos apreensão, uma notificação e uma prisão. Hoje já recebemos mais de 311 denúncias, desde empresas que pensam só no dinheiro e não na pessoa, empresas de conveniências 24 horas que não fecham e aglomeram pessoas lá na frente, que não dão equipamentos de proteção individual, ainda teimam em buscar concentração de maior número de funcionários porque ainda não levam a sério. As maiores reclamações são por desobediência da população”.

Marquinhos fez um comparativo entre os casos de morte do Brasil e de outros países como a Espanha, que tem 226.909 casos e 1.813 mortes. “O Brasil tem 1.604 infectados e 25 mortos, esse número está super alto, se fosse um já estaria alto demais. Em termos de proporção, a Espanha tem 6% de infectados que vem a óbito. No Brasil, 1.55% vem a óbito. Na Alemanha, 0.35% vem a óbito. Isso porque os alemães obedeceram aos governos, se uniram nesse momento”.

“Em Campo Grande, não tivemos nenhuma morte porque medidas que tomamos foram drásticas, radicais, agressivas e com lapso de tempo antecipado, com cautela, precaução. Suspendemos as aulas aqui primeiro que São Paulo, interditamos Shopping, comércios, antes de São Paulo. Lá já tem a maioria das mortes do Brasil, são aproximadamente 19”, finaliza o prefeito.