TCE JUNHO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
segunda, 27 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Campo Grande

Marquinhos vai até OAB e MPE achar solução para uso obrigatório de máscaras

Ele teme que a obrigatoriedade seja questionada na Justiça

15 junho 2020 - 16h22Por Thiago de Souza

O prefeito Marquinhos Trad adiantou, nesta segunda-feira (15), que vai se reunir com o Ministério Público Estadual e com a Ordem dos Advogados do Brasil, seccional MS, para estudar como pode ser adotada a obrigatoriedade do uso de máscaras em Campo Grande. 

Durante transmissão ao vivo pelas redes sociais, o prefeito disse está terminando um estudo técnico para encontrar um ''termo de equilíbrio para proteger a nossa cidade''. Ele destacou que muitas pessoas estão pedindo que o uso do equipamento de proteção seja obrigatório na cidade. 

''Estamos estudando uma maneira de implantar o uso de máscara sem que ela seja questionada na Justiça. Quando algo é judicializado, gera uma insegurança para a população'', explicou Trad. 

Marquinhos disse que algumas pessoas até aceitam usar a máscara, desde que seja fornecida pela prefeitura. No entanto, destacou que, embora a prefeitura produza grande quantidade, não seria suficiente, já que muitos que pegam já as tem ou pegam para entregar a terceiros e não entregam. 

''Atingir todas as pessoas é uma questão muito diferente do que você só confeccionar'', ressaltou o prefeito. 

Proteção

Na sexta-feira (11), o MPE recomendou à prefeitura que obrigue cidadãos a usarem máscaras em comércios e locais públicos. A promotoria alega que a população não se conscientizou sobre os riscos da disseminação da covid-19. 

A Prefeitura, assim que notificada, tem dez dias para responder a sugestão do MPE.