Menu
sábado, 23 de outubro de 2021 Campo Grande/MS
Campo Grande

Motorista diz que atropelou ciclista durante 'fuga de assalto', mas acaba preso em Campo Grande

Justificativa não convenceu a polícia; adolescente ferido está em estado grave

05 setembro 2021 - 12h02Por Thiago de Souza

Motorista de uma caminhonete, que atropelou e deixou um adolescente de 16 anos, em estado grave, no final da tarde deste sábado (4), foi preso em flagrante, em Campo Grande. Ele teria dito que fugia de um assalto para justificar o acidente, na região da avenida Três Barras, mas a polícia determinou a prisão dele. 

Conforme apurado pelo TopMídiaNews, a prisão foi feita pelo Batalhão de Choque da PM, após o atropelamento. Segundo a fonte, o motorista inventou que fugia de um assalto, justificativa que não convenceu a equipe policial. 

Acidente? 

Dois irmãos, um de 16 anos e outro de 18 anos, moram na região e seguiam de bicicleta pela Três Barras em direção à rua José Nogueira Vieira. Segundo o relato de uma prima, o irmão mais velho tinha acabado de atravessar uma rua nova, que corta a avenida Três Barras e que tem sinal de ‘’Pare’’. Logo em seguida, o mais novo foi passar e acabou atingido em cheio. 

O irmão mais velho e outras testemunhas apontaram que a caminhonete estaria em alta velocidade e atravessou o sinal de ‘’Pare’’ da via, causando o acidente. Ele fugiu sem prestar socorro à vítima. 

Versão 

O advogado Olavo Rodrigues, 36 anos, é que faz a defesa do condutor da caminhonete. Ele esclareceu que, segundo o boletim de ocorrência, o atropelamento se deu quando o cliente foi fazer uma curva e não viu o garoto na bicicleta. 

Rodrigues diz que o teste do bafômetro não apontou embriaguez e que o motorista chegou a parar para prestar socorro, mas ‘’pessoas’’ teriam parado no local e estavam querendo bater no veículo. Sendo assim, o cliente saiu do local e foi direto para uma delegacia. 

Prisão

O defensor foi questionado por qual motivo o cliente estaria preso, já que, na versão dele não houve embriaguez e tudo não passou de uma fatalidade. No entanto, não quis revelar o motivo e disse que está relacionado ao Código Brasileiro de Trânsito, algo que tem relação com a ‘’comunicação do fato’’. 
 

Leia Também

Embarcação que afundou no rio Paraguai não era de transporte turístico
Interior
Embarcação que afundou no rio Paraguai não era de transporte turístico
Briga eleitoral 'quase' cancela show de Régis Danese e gera revolta em Bandeirantes
GLÓRIA E VOTO
Briga eleitoral 'quase' cancela show de Régis Danese e gera revolta em Bandeirantes
Nelsinho participa de encontro regional do PSD e fala da força política de MS
Política
Nelsinho participa de encontro regional do PSD e fala da força política de MS
Ventania deixa bairros de Campo Grande sem energia novamente
Campo Grande
Ventania deixa bairros de Campo Grande sem energia novamente