Menu
quinta, 24 de setembro de 2020
Cidade Morena

Manifestações mediúnicas atraem curiosos, mas espiritismo vai além do extraordinário em Campo Grande

Centro espírita promove palestras e amparo que, aliado à fé, deverá ser feito com atendimento psiquiátrico e psicológico voluntário

06 abril 2019 - 18h10Por Amanda Amaral

Em Campo Grande, a Associação Espírita Irmão Marcos existe há 18 anos e atende milhares de pessoas ao mês em busca de acalento para alma e cura para corpo e mente. Estes, que muitas vezes negam ou não entendem sobre a necessidade de diagnóstico psicológico e psiquiátrico que agravam o sofrimento, mas que também poderão ser ajudados no centro religioso. 

Alvo de desafiantes céticos e curiosos pelos fenômenos mediúnicos, o espiritismo vai muito além e tem a base na solidariedade, sintetiza o vice-presidente da associação, Ricardo Gomes. "Temos muitos casos de depressão, ansiedade, muitos tentam suicídio. Os voluntários aqui têm as mais diversas profissões, muitos deles médicos, então planejamos criar uma espécie de SUS espiritual, enxergando que também podemos fazer esse encaminhamento para alguns casos, gratuitamente", resume. 

A ideia está ainda em fase de estudo, mas deve ser realizada em parte dedicada apenas a isso no prédio que fica na Vila Nascente. No local, já são realizadas palestras, estudos, sessões e ações solidárias, mas as leituras de cartas consoladoras, mensagens de quem já partiu para o que a religião define como a vida após a morte, costumam lotar. 

Geralmente, centenas de pessoas buscam o lugar em sofrimento após a perda de um ente querido, movidas pelo luto e a saudade que muitas vezes incapacitam. "Tem o excesso e a falta de fé que trazem pessoas aqui, há uma mescla de necessidades. Quando alguém vem em busca de uma carta, não há certeza que vai receber. Mas muitos vem pra testar, colocam nomes falsos, pessoas que estão encarnadas. Isso sempre aconteceu, Chico Xavier sempre foi testado", diz Gomes, que é advogado e também ex-presidente da fundação da Capital que leva o nome do maior representante do espiritismo no Brasil.

Minas Gerais, terra de Chico Xavier, é para onde vão caravanas do grupo Amigos do Coração, que Gomes ajuda a organizar. "A casa sempre foi uma ponte entre o triângulo mineiro e Campo Grande, até porque, em 2009, foi a primeira excursão formalizada pra conhecer o trabalho de Chico. Conhecemos além daquilo que achávamos que existia, as casas espíritas, as obras, o trabalho das pessoas que permaneceram após sua morte", conta.

A Associação Espírita Irmão Marcos fica na Rua Miguel Leterielo, 663, Vila Nascente. 

Leia Também

Relator da PEC da 2ª instância, Fábio Trad lamenta: 'não há articulação para aprovar o texto'
Política
Relator da PEC da 2ª instância, Fábio Trad lamenta: 'não há articulação para aprovar o texto'
Obstetra envolvida em morte de Sheyza dá caminhão como fiança e fica solta
Interior
Obstetra envolvida em morte de Sheyza dá caminhão como fiança e fica solta
Baleado na mão e no tórax, vítima do falso frete segue estável em UPA
Cidade Morena
Baleado na mão e no tórax, vítima do falso frete segue estável em UPA
Usuário de drogas é morto com tiro no pescoço no Itamaracá
Polícia
Usuário de drogas é morto com tiro no pescoço no Itamaracá