Menu
sábado, 26 de setembro de 2020
Cidade Morena

FLAGRANTE: leiturista 'erra' na hora de registrar consumo e conta de luz sobe R$ 30

Cliente verificou o erro na hora e evitou aumento na cobrança de impostos por causa de limites de consumo

21 março 2019 - 07h00Por Thiago de Souza

Morador de Campo Grande alerta demais clientes para conferir as contas de energia elétrica na hora que o leiturista da Energisa registrar o consumo. Ele foi às redes sociais denunciar que o profissional da empresa registrou 6 KW a mais, o que elevou sua conta em cerca de R$ 30. Ele gravou um vídeo que está no final da matéria.

''Tomem cuidado'', disse o reclamante no grupo do Facebook Aonde Não Ir em Campo Grande. Ele explica que, assim que viu o leiturista, se escondeu e esperou o colaborador da empresa registrar o que havia consumido no mês. Assim que terminou a leitura, ele foi ao padrão da residência e imediatamente viu que o que foi assinalado na conta estava a mais do que o registrado no medidor.

O denunciante diz que acionou o profissional imediatamente. Nas fotos e vídeos que produziu no momento do ocorrido, ele diz que o relógio marcava 4851 Kw no dia 18 de março. Na conta do mês anterior, havia o registro total de 4753 Kw, ou seja, o consumo que deveria ser cobrado em conta seria de 94 Kw, mas foi anotado 104 Kw.

Na seção de comentários do post, outros consumidores relataram ter vivido situação semelhante. Outros sugeriram que o aumento de 94 para 104 Kw é favorável à empresa, visto que passado de 100 Kw, o preço de cada Kw é maior e ainda gera outros encargos.

Um leitor disse: ''isso aconteceu aqui em casa. Minha mulher tirou foto e eles ressarciram''. Outra emendou: ''triste o trabalhador se submeter a isso pela empresa. Ou se é falta de atenção, mais triste ainda, pois é um trabalhador roubando de outro''.

Outros participantes do grupo sugeriram que o cliente lesado denunciasse o caso ao Ministério Público Estadual. Há quem tenha sugerido que leituristas deveriam tirar foto do relógio e incluir na conta como prova.

Questionada pelo TopMídiaNews, a Energisa esclareceu que neste caso houve erro na leitura do medidor por parte do funcionário. O cliente acionou o leiturista no mesmo momento, que seguiu o procedimento da empresa e emitiu uma nova fatura de energia.

Leia Também

Brasil registra 869 novas mortes nas últimas 24 horas
CORONAVÍRUS
Brasil registra 869 novas mortes nas últimas 24 horas
Primeiro castramóvel chega em janeiro e vai atender bairros mais vulneráveis em Campo Grande
Cidade Morena
Primeiro castramóvel chega em janeiro e vai atender bairros mais vulneráveis em Campo Grande
Em dois anos, MS ganha 54 mil eleitores e mulheres definem eleição
Cidade Morena
Em dois anos, MS ganha 54 mil eleitores e mulheres definem eleição
Bebê com atrofia muscular morre após campanha para importar remédio de cerca de R$ 11 milhões
Geral
Bebê com atrofia muscular morre após campanha para importar remédio de cerca de R$ 11 milhões