Menu
Busca sexta, 03 de julho de 2020
ALMS
Cidade Morena

Pai peregrina por Campo Grande em busca de atendimento para filho de 4 anos

Há seis dias, menino estaria com fortes dores abdominais, que já o impedem de andar direito

12 agosto 2019 - 17h00Por Amanda Amaral

Ian, 4 anos, está há quase uma semana com dores que não permitem que ele coma, durma ou caminhe normalmente, e sua família relata que a busca por atendimento médico tem sido em vão em Campo Grande. Só nesta segunda-feira (12), foram até duas unidades de saúde e o Hospital Santa Casa.

Conforme seu pai, o autônomo Ronaldo Costa do Nascimento, 26 anos, há omissão de socorro. "Ele está claramente sofrendo, chora de dor e não consegue andar. Como que isso não é grave? Na UBSF Itamaracá e UPA Universitário receitam Diporona e liberam. É um descaso gigante, nem água ele consegue beber mais", se desespera o pai.

Espontaneamente, foram até o pronto socorro da Santa Casa, mas o hospital só atende casos vindos de regulação. Ainda assim, revoltado, Ronaldo acionou a polícia, que o aconselhou a ir até a UPA Coronel Antonino.

"Ninguém quer se responsabilizar, por isso chamei a polícia. Se nem Sesau nem Santa Casa podem fazer nada, como fazemos?", questiona.

Respostas

A reportagem pediu posicionamento da assessoria de imprensa da Santa Casa, que enviou a nota a seguir:

"O paciente chegou ao hospital, foi atendido e classificado como não urgente, de acordo com o protocolo de Manchester, pois é um paciente que possui todos os sinais vitais não sendo considerado caso de urgência e emergência que é a referência do hospital. Sendo assim, ele foi encaminhado para um posto da Sesau que fica dentro do hospital. Foi reavaliado pela classificadora da Sesau que permaneceu com a classificação não urgente e encaminhou o paciente para a Upa da Coronel Antonino. Os familiares chamaram  a polícia, que afirmou não poder intervir na parte técnica do hospital e se colocou à disposição para levá-los até o posto de saúde indicado."

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) informou que vai apurar os atendimentos anteriores e acompanha a nova tentativa no Coronel Antonino.

Leia Também

Jovem desaparecida é encontrada morta em Campo Grande
Oportunidades
Jovem desaparecida é encontrada morta em Campo Grande
Sextou: MS terá baixas temperaturas, sem chuvas
Cidades
Sextou: MS terá baixas temperaturas, sem chuvas
Com assessora investigada por atacar adversários, Soraya faz campanha contra lei das fake news
Política
Com assessora investigada por atacar adversários, Soraya faz campanha contra lei das fake news
1.165 CELULARES: comboio com produtos avaliados em R$ 3 milhões cai nas mãos do DOF
Interior
1.165 CELULARES: comboio com produtos avaliados em R$ 3 milhões cai nas mãos do DOF