TCE ABRIL 16 A 22/04
Menu
segunda, 19 de abril de 2021
Cidade Morena

Vídeo: com direito a 'corridinha', Antônio celebra nova prótese na Apae de Campo Grande

Ele perdeu a perna em acidente com maquinário aos 13 anos

08 março 2021 - 21h44Por Thiago de Souza

Antônio Marcos Nunes de Jesus, 40 anos, experimentou sua nova prótese de perna, no Centro Especializado de Reabilitação da Apae, em Campo Grande. Esbanjando felicidade, ele até correu pelos corredores da unidade. 

Paciente do CER-APAE, Antônio Marcos foi vítima de acidente com uma máquina agrícola quando tinha 13 anos e teve de amputar a perna esquerda. 

Ao colocar a prótese, desenvolvida pela técnica ‘’Direct Socket’’, no final de fevereiro deste ano, Antônio Marcos definiu o momento como sendo de muita alegria.. 

“Fiquei muito alegre em saber que posso continuar trabalhando e andando rápido e com muita qualidade. Só tenho a agradecer pela APAE existir”, disse o paciente, que é atendido na instituição desde 2015. 

Para o auxiliar-técnico ortopédico do CER/APAE, Dorival Daikon, que gravou Antônio Marcos no momento em que avaliava se a prótese estava confortável e com alinhamento “é uma sensação muito boa e gratificante poder possibilitar uma melhor qualidade de vida ao paciente. Vê-lo saindo feliz é uma das maiores recompensas do nosso trabalho”, ressaltou.

Direct Socket

Há um ano o CER/APAE confecciona as próteses ortopédicas com a técnica Direct Socket, que é produzida em até 2 horas e meia. Antes, a unidade levava em média 20 dias para a produção.

Da Empresa Össur da Islândia, a Direct Socket é referência mundial em próteses e tecnologia assistiva. O CER/APAE é pioneiro da tecnologia no Centro-Oeste.