Menu
quinta, 01 de outubro de 2020
Cidades

Apesar do aumento de mortes, lockdown ainda NÃO é opção em Campo Grande

“Eu não posso punir quem está cumprindo e sendo obediente, por isso lockdown, neste momento de tempo, não”, disse prefeito

01 julho 2020 - 14h25Por Nathalia Pelzl

Mesmo com aumento no número de casos e mortes, lockdown não é uma opção para Campo Grande. A informação foi confirmada pelo prefeito Marquinhos Trad (PSD), durante live no Facebook.

“Eu não posso punir quem está cumprindo e sendo obediente, por isso lockdown, neste momento de tempo, não”, pontuou. Contudo, ele garantiu que a ideia não está totalmente descartada e ele não tem ‘bola de cristal’ para prever o futuro.

Entretanto, Trad garantiu que vai continuar com medidas preventivas, como desinfecção e descontaminação das ruas e terminais, aumento de fiscalização nas barreiras da cidade, aumento dos fiscais e regramento dos segmentos, além, claro, do uso da máscara.

“E, acima de tudo, o uso da máscara, por favor campo-grandense, se comporte, o que estamos fazendo é tentar te educar nessa questão da máscara, sei que é chato, ruim, mas é necessário neste momento de tempo”, garantiu.

Leia Também

'Sementes misteriosas' que chegam da China podem fazer parte de esquema de fraude
Geral
'Sementes misteriosas' que chegam da China podem fazer parte de esquema de fraude
Em Amambai, dois candidatos disputam cadeira da prefeitura
Política
Em Amambai, dois candidatos disputam cadeira da prefeitura
Campanha de multivacinação começa na próxima segunda-feira
Cidade Morena
Campanha de multivacinação começa na próxima segunda-feira
‘Vou te cortar em pedacinhos’, diz homem que não aceita fim de romance com amante
Polícia
‘Vou te cortar em pedacinhos’, diz homem que não aceita fim de romance com amante