Tribunal de Contas
(67) 99826-0686
Camara - marco

Campo-grandenses sabem o que é comemorado no feriado do dia 11

Aniversário MS

10 OUT 2013
Schimene Weber
21h20min
Maioria sabe o significado do feriado. Foto: Geovanni Gomes

Sexta-feira, feriado em Mato Grosso do Sul. De quinze pessoas entrevistadas, somente duas não souberam responder ou confundiram o motivo para o feriado, o que mostra que a população sul-mato-grossense está cada vez mais antenada acerca dos assuntos correspondentes ao estado onde residem e constroem suas vidas.


José Ferreira, de 42 anos, foi um dos entrevistados que respondeu de maneira correta logo quando questionado. "É dia da divisão do estado", quando emendou dizendo "é uma data importantíssima, por sinal.". A entrevistada Amanda Fonseca, 19 anos, quando questionada sobre o real significado do dia 11 de outubro, logo respondeu que "É divisão do estado... O pessoal aqui da Capital reclama tanto quando chamam o Mato Grosso do Sul de Mato Grosso, mas se perguntar pra metade delas o que é comemorado amanhã, não sabem responder. É só ficar ligado, todos os veículos estão falando do feriado, na escola tem aula de História falando disso também...É vergonhoso não saber.".


Já a aposentada Tereza de Souza, 63 anos, confundiu o motivo do feriado estadual com o feriado nacional, do dia 12 de outubro. "Como eu sou católica, acredito que seja por conta do dia de Nossa Senhora Aparecida, que é Padroeira do Brasil.".


A comerciante Andrea de Paula, 32 anos, não lembra o motivo do feriado. "Eu não lembro, sei que deve ser alguma coisa relacionada ao Mato Grosso do Sul por conta da quantidade de eventos que estão sendo divulgados para esse mês. É até uma vergonha não conseguir responder a essa pergunta, porque eu moro aqui desde quando nasci.".


A data - Para os que não souberam responder ou ficaram em dúvida sobre o motivo do feriado, dia 11 de outubro marca a divisão territorial do Estado do Mato Grosso em duas partes. Com isso, nasceu o Estado do Mato Grosso do Sul.


O principal argumento era o descaso com que o governo do Estado tratava o sul, com poucos investimentos e abandono nas áreas de educação, saúde e estradas. A violência sem controle, principalmente na fronteira, foi um dos pontos que também acarretou a divisão.


A Lei da divisão do estado foi, então, assinada pelo presidente Ernesto Geisel no dia 11 de outubro de 1977.

Veja também