TCE MAIO
(67) 99826-0686
Camara Maio

Dona de cachorros mortos enforcados entrará na Justiça contra hotel pet

Animais morrem enforcados no estabelecimento na noite do dia quatro de dezembro

12 DEZ 2016
Kerolyn Araújo
17h19min
Foto: Reprodução

A aposentada Soraia Amado, 57 anos, dona dos dois cachorros que morreram no dia quatro de dezembro em um hotel pet da Capital, já acionou o advogado e entrará na Justiça contra o estabelecimento. Os animais morreram enforcados.

Segundo Soraia, os cachorros Toddy e Dudu, ficaram no local dia 16 de novembro ao dia 30 de dezembro, para realização de tratamentos. Na manhã do dia cinco, a dona do local, que não é veterinária, foi até a casa da vítima contar sobre o falecimento dos animais. "Ela disse que se ausentou do local das 15h até às 21h30. Nesse intervalo eles ficaram sozinhos e acabaram morrendo enforcados por um trela que usavam juntos. Eles ficaram horas sozinhos e ninguém se preocupou", explicou.

De acordo com o advogado de Soraia, Wagner Leão do Carmo, uma ex-funcionária do local contou que já presenciou a dona do estabelecimento maltratando animais diversas vezes. "Ela até se disponibilizou para ser testemunha na ação e disse que a ex-patroa batia com chicote no focinho dos cachorros, deixava sem água e comida várias vezes", detalhou. Uma autópsia do corpo dos animais foi pedida e poderá confirmar as causas das mortes.

Para Soraia, nenhuma indenização irá suprir o vazio que os animais deixaram. "É indescritível o que sinto com a ausência deles. Eles dormiam no meu quarto", relatou. Segundo Soraia, a única coisa que ela quer é justiça. "Quero que o estabelecimento seja fechado para que ela não maltrate mais nenhum animal", finalizou.

Veja também