(67) 99826-0686

Governo assina termo cooperação técnica para reformulação do Regime de previdência

Secretário Nacional de Políticas de Previdência Social disse que medida pode servir de modelo para outros estados

24 MAI 2019
Da redação
19h34min
Foto: Chico Ribeiro - Subcom

O governador Reinaldo Azambuja e o secretário Nacional de Políticas de Previdência Social, Leonardo Rolim, assinaram nesta sexta-feira (24.05) acordo de cooperação técnica visando a reformulação do Regime Próprio de previdência Social de Mato Grosso do Sul.

O termo de cooperação tem por objeto o intercâmbio de informações e análises de estudos técnicos visando a subsidiar a formulação de propostas de reestruturação do Regime Próprio de Previdência Social dos servidores do Estado de Mato Grosso do Sul (RPPS/MS) que assegurem a melhoria da sua gestão, o equilíbrio financeiro e atuarial do regime e a viabilidade financeira, orçamentária e fiscal das medidas a serem adotadas para o ente federativo.

O secretário Nacional de Políticas de Previdência Social, Leonardo Rolim, explicou que o termo de cooperação é muito importante, pois servirá de modelo para implantação nos demais Estado do País. “Será uma experiência inovadora. Vamos avaliar em conjunto alternativas para o equacionamento da previdência. Um momento de aprendizado tanto para a União, como para o Estado”, disse.  

O diretor-Presidente da Agência de Previdência do Mato Grosso do Sul (AGEPREV), Jorge Martins, disse que a reformulação do RPPS/MS é de suma importância para o Estado. “Estamos olhando para o futuro e ao mesmo tempo fazer um resgate do que aconteceu nesses 38 anos de existência da previdência de Mato Grosso do Sul”, completou.

Também participaram do ato de assinatura o secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, o secretário de Estado de Administração e Desburocratização, Roberto Hashioka, o economista Paulo Tafner e o conselheiro do Tribunal de Contas, Márcio Monteiro.

 

 

 

Veja também