TCE JUNHO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
quarta, 29 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
Cidades

PF cai em cima de empresas suspeitas de vender máscara superfaturada para a PRF-MS

Polícia Rodoviária desconfiou do valor dos produtos

04 junho 2020 - 17h54Por Thiago de Souza

Após denúncia da Polícia Rodoviária Federal, a Polícia Federal passou a investigar fraude em licitação para a compra de máscaras a serem usadas por policiais em Mato Grosso do Sul. A PF cumpriu mandados de busca e apreensão em endereços de suspeitos. 

A operação foi chamada de ‘’TNT’’ em referência ao tipo de tecido usado nas máscaras. 20 agentes cumpriram mandados expedidos pela 3ª Vara Federal, em Campo Grande.

Conforme a assessoria, a PRF promoveu a compra de máscaras faciais para que a corporação usasse no dia a dia e não se infectasse pela covid-19. No entanto, percebeu que as empresas participantes da licitação cobraram preços muito acima do mercado. 

Ainda segundo a apuração, as empresas concorrentes são de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Ainda segundo a PRF, a corporação pretendia comprar mil máscaras de modelos específicos, que eram comercializadas por doze centavos, a unidade, e foram oferecidas por até R$ 20 cada para a corporação.