Menu
sexta, 22 de janeiro de 2021
Covid 18/01 a 24/01
Cidades

Queimadas no Pantanal se agravam e governador decreta situação de emergência no Estado

Medida possibilita acesso a recursos para combater os incêndios

14 setembro 2020 - 18h42Por Thiago de Souza

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) decretou Estado e Emergência em razão dos incêndios no Pantanal de Mato Grosso do Sul, nesta segunda-feira (14). 

Conforme o governo, o decreto foi homologado pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, horas após a divulgação do decreto, o que denota o reconhecimento da gravidade por parte do Governo Federal. 

O secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, Alexandre Lucas Alves, esteve reunido com integrantes do Governo do Estado, durante o fim de semana e discutiu a situação no Pantanal, Cerrado e Mata Atlântica. Na manhã desta segunda-feira ele acompanhou a assinatura do Decreto, pelo governador Reinaldo Azambuja, declarando situação de emergência no Estado.

“Vamos dar uma resposta imediata a esse desastre que atinge um bioma importantíssimo do Brasil, com a transferência de recursos federais para que a situação seja controlada o mais rapidamente possível”, destacou o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. “O empenho dos recursos será feito de imediato, atendendo a uma ordem do presidente Jair Bolsonaro”, informa.

Ainda segundo Lucas, os recursos serão usados para transporte, combustível e locação de aeronaves. 

Com a medida da Defesa Civil Nacional, o governo de Mato Grosso do Sul poderá ter acesso a recursos da União para ações de socorro, assistência, restabelecimento de serviços essenciais à população e recuperação de infraestruturas públicas danificadas. 

“Com o reconhecimento federal, o decreto flexibiliza e agiliza ações imediatas como a contratação de brigadistas e o aluguel de aeronaves”, explicou o governador Reinaldo Azambuja.