(67) 99826-0686
ALMS 13/06 a 12/07

Conferência Nacional de Cultura aprova 64 propostas para o setor

Futuro promissor

2 DEZ 2013
Renan Gonzaga
13h48min
Foto: Minc

A III Conferência Nacional de Cultura, que aconteceu entre os dias 27 de novembro e 1º de dezembro, em Brasília, aprovou 64 propostas para o setor cultural, com um total de 1.745 participantes, sendo 10 delegados de Mato Grosso do Sul.

Depois de 4 dias de intensa discussão as propostas foram aprovadas pela plenária, com destaque para cinco prioridades em cada um dos quatro eixos: Implementação do Sistema Nacional de Cultura; Produção simbólica e diversidade cultural; Cidadania e direitos culturais; Cultura como desenvolvimento sustentável.

A urgência é que o Congresso aprove a PEC 150 - Proposta de Emenda Constitucional que destina 2 % do orçamento federal para políticas culturais, sendo 1,5% para os estados e 1% para os municípios e visa ações efetivas tanto do poder público quanto da sociedade civil, como audiências públicas e campanha de sensibilização e mobilização.

Contribuindo para a aprovação de 60% das propostas discutidas e aprovadas, Mato Grosso do Sul mostrou força, nos sub-eixos da III Conferência, sendo algumas originárias da etapa estadual, realizada nos dias 17 e 18 de setembro no Centro Cultural José Octávio Guizzo, em Campo Grande.

Em 3º lugar em termos de representatividade, a região Centro-Oeste se destacou nas votações junto ao Sudeste, Sul, Norte e Nordeste, democratizando ainda mais a Conferência Nacional. Os dados reforçam a crescente participação da região na luta pelos direitos ao acesso e fruição cultural.

Veja também