(67) 99826-0686
PMCG - Prestação de contas

Cultura pode receber mais 4 milhões de incentivos na Capital

Investimentos

8 FEV 2014
Marcelo Villalba
06h45min
Foto: Reprodução

Esta semana a cultura do Estado ganhou mais um empurrãozinho, o prefeito Alcides Bernal (PP), assinou o convênio que irá destinar o valor de R$ 1,7 milhões para projetos  do FMIC ( Fundo Municipal de Investimentos Culturais) e FOMTEATRO ( Programa de Fomento ao Teatro).

Os recursos irão atender 37 projetos do FMIC, com R$ 1,3 milhões e 13 projetos FOMTEATRO, com R$ 400 mil.

O diretor-presidente da Fundac, Júlio Cabral, disse que projetos como estes beneficiam não somente o meio artístico, mas como a população em geral, e que a verba para  a cultura devem aumentar ainda mais.  "Para este ano vamos ampliar os recursos para o FMIC e FOMTEATRO, que vão chegar à ordem de R$ 4 milhões", afirma.

Para Mauro Guimarães, representante do grupo de Circo do Mato, que este ano completa 10 anos, esses investimentos que vem ocorrendo na cultura é conseqüência de um amadurecimento no setor.  O grupo vai implementar o dinheiro que ganhou no projeto, no valor de R$ 40 mil, para manutenção do Circo do Mato, trazendo para a população exposição sobre a história do grupo nesses anos de existência, além de quatro espetáculos.

"Esse dinheiro vai ajudar e muito,mas dá para manter o projeto de manutenção da Casa por apenas quatro meses", explica.

Mauro disse ainda que a educação e a cultura sempre foram fundamentais para a sociedade, e que nos tempos atuais, houve maior interesse por parte das massas em adquirir esse conhecimento. " Um desses momentos foi quando a população invadiu as ruas, pedindo mudanças. E não é de hoje que isso ocorre, as duas nascem juntas (educação e cultura)", comenta.

Outro projeto da casa, é levar a magia do teatro para os ribeirinhos do pantanal sul-mato-grossense. "Semana que vem estaremos embarcado para o Pantanal, levando um pouco do que fazemos na capital para quem não tem acesso a cultura".

O setor também ganhou esse ano, além do incentivo de 1 %  dos recursos municipais,  a  criação da composição do Conselho Municipal de Cultura (CMC), que foi aprovado pelos vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande, na última quinta-feira (6).

Veja também