Menu
Busca terça, 21 de janeiro de 2020
Cultura

Projeto Pantanal ensina crianças a preservar a natureza por meio da arte e culinária regional

Durante o semestre, as crianças aprendem vários aspectos sobre a cultura sul-mato-grossense

07 dezembro 2019 - 18h10Por Willian Leite

Durante este segundo semestre de 2019, crianças de 0 a 5 anos aprenderam tudo sobre a cultura regional em um projeto desenvolvido pela direção do Emei Cordeirinho de Jesus, no bairro José Abrão, em Campo Grande.

A iniciativa faz parte do planejamento pedagógico da escola e envolve toda a coordenação e professores. Segundo a professora Rozemery Medeiros Paiva Pereira, que é uma das organizadoras da ação, tudo que foi desenvolvido pelos estudantes durante a execução do projeto foi apresentado nesta sexta-feira (6).

Todo o espaço foi decorado com telas que foram pintadas pelos alunos e depois finalizadas pela professora de artes.

                     

“Eles trabalharam com a história da música e culinária regional. Com isso, ensinamos a preservarem toda essa riqueza natural e cultural. Essa é a ideia que tentamos passar para os pequenos”, disse a professora Rozemery.

No primeiro semestre, as variações da música regional figuraram como tema do projeto que, no segundo semestre, falou sobre as espécies de animais que são símbolo da fauna do Pantanal.

As comidas e pratos típicos de Mato Grosso do Sul também fizeram parte da iniciativa. Cada turma representou um tipo de comida típica e os alunos, junto com os professores, fizeram os pratos. Por exemplo, o arroz carreteiro, que é um dos pratos mais apreciado pelas pessoas do Estado, fez parte do cardápio.

O Síto do Picapau Amarelo, obra conhecida do escritor Monteiro Lobato, também levou as crianças a uma viagem no tempo e eles puderem participar da trama vestidos com o figurino dos personagens da história. 

Segundo a direção do Emei, o objetivo principal do projeto é mostrar a importância de se preservar a natureza e a cultura regional.