Menu
terça, 27 de outubro de 2020
Cultura

Sebastião Salgado inaugura exposição em Veneza

Setenta anos de talento

01 fevereiro 2014 - 14h22Por Uol

Foi inaugurada neste sábado (1) em Veneza, Itália, uma exposição do lendário fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado, que levou à cidade o seu celebrado projeto "Genesis", reunindo diversas imagens de regiões remotas espalhadas por todo o planeta. Trata-se de uma "viagem de descobrimento do nosso ambiente e do nosso planeta, tal qual era e como é", segundo declarou o próprio artista durante a estreia.


A mostra fica em cartaz até o dia 11 de maio na galeria Ter Oci e compreende 240 fotografias em preto e branco que se propõem a "contribuir para a salvação do planeta, a incentivar uma mudança no estilo de vida e a criar uma nova harmonia entre o homem e a natureza", de acordo com o veterano fotógrafo, que no dia 8 de fevereiro completa 70 anos.


"Nós somos parte de tudo que nos rodeia. Achamos que vivemos muito tempo, mas a natureza vive muito mais que nós. Não podemos deixar de pensar que somos parte de uma totalidade, por isso meu projeto é um projeto de vida", disse Salgado em entrevista à ANSA. O fotógrafo, conhecido pela postura ativista, também reclamou da falta de recursos para preservar o meio ambiente, enquanto é possível levantar dinheiro facilmente para a fabricação de aviões de guerra.


"Hoje o nosso dever é trabalhar para não deixar que o deserto nos devore, uma vez que dentro de poucas décadas, a imensa maioria dos habitantes da Terra viverá em megalópoles", acrescentou. As 240 imagens da exposição fazem o público viajar pelas selvas tropicais da Amazônia, do Congo, da Indonésia e da Nova Guiné, pelos glaciares da Antártida, pelas florestas boreais do Alasca, pelos desertos da América e da África, e pelas montanhas de Chile, Argentina e Sibéria.


"Eu vejo esse projeto como uma viagem rumo ao redescobrimento do papel do homem na natureza", salientou Salgado, explicando que o nome "Genesis" foi escolhido porque o trabalho, na medida do possível, o levou às origens do planeta. Ou seja, "a água e o fogo que criaram a vida, as espécies que resistiram à domesticação, as tribos remotas que rejeitaram qualquer contaminação e as formas primitivas de assentamentos e organizações humanas", completou.

Leia Também

Juiz nega recurso e mantém candidatura do PCO barrada em Campo Grande
Cidade Morena
Juiz nega recurso e mantém candidatura do PCO barrada em Campo Grande
Apesar da promessa, governo diz que não tem previsão de pagar 13º do Bolsa Família
Geral
Apesar da promessa, governo diz que não tem previsão de pagar 13º do Bolsa Família
Em horário noturno, candidatos citam distritos e corredor de ônibus em Campo Grande
Cidade Morena
Em horário noturno, candidatos citam distritos e corredor de ônibus em Campo Grande
Sem diversão durante a pandemia, crianças do projeto Recriar se divertem em parque recreativo
Cidade Morena
Sem diversão durante a pandemia, crianças do projeto Recriar se divertem em parque recreativo