TCE MAIO
(67) 99826-0686

Levantamento comprova que Brasil não possui auto-suficiência na produção de leite

Agronegócios

16 FEV 2014
Agrolink
18h34min
Divulgação

 

A auto-suficiência na produção de leite e, principalmente superávits na produção, ainda é algo alcançado por poucos países no mundo, segundo dados do USDA de 2013. Nas Américas, apenas  Estados Unidos, Argentina, Chile, Bolívia e Nicarágua estão entre os países que produzem mais leite do que consomem.

 

O Canadá é o único país do continente que apresenta um equilíbrio entre produção e consumo. Os demais países americanos, incluindo o Brasil, precisam importar o alimento para cobrir a demanda doméstica.

 

Na Ásia, encontra-se o pior quadro: apenas a Mongólia consegue ser auto-suficiente em produtos lácteos. Por outro lado, o grande destaque está na Europa e na Oceania. Dezessete países do continente europeu tem superávits na produção de leite, tendo como maiores exportadores Alemanha e França. Austrália e Nova Zelândia produzem também mais do que consomem. Enfim, na África, existem seis países com equilíbrio entre demanda e produção local de leite, entre eles a África do Sul.

 

Já o Estados Unidos são o maior produtor mundial com 90,8 milhões de toneladas anuais, seguido pela Índia com 54 milhões de toneladas por ano, e pela China continental com 37,4 milhões de toneladas. O Brasil é o quarto maior produtor mundial com 99,1 milhões de toneladas. Logo atrás, vem Alemanha com 92,1 milhões de toneladas e Rússia com 86 milhões de toneladas.

 

Fonte: Agrolink

Veja também