(67) 99826-0686

O rosa virou azul: oito ultrassons indicaram menina, mas na hora do parto veio o Mateus

Mãe agradece a Deus pela saúde do filho, mas relembra 'correria' para trocar enxoval

19 DEZ 2016
Thiago de Souza
09h00min
Bruna idealizou a Sophia, mas na hora do parto veio o Mateus Foto: Arquivo Pessoal

O vestidinho rosa e sapatilha deram lugar ao macacão e ao tênis. Essas foram algumas mudanças na vida da manicure Bruna Sanches Feitosa, 23 anos. Depois de um intenso planejamento financeiro e emotivo, esperando uma 'princesa', mostrada nas ultrassonografias, eis que a vida lhe prega uma peça e deu a ela o forte e saudável Mateus.

''Fiquei em estado de choque, só vi que era um menino quando eu peguei ele no colo, minutos depois do parto'', relata a mãe de Mateus, que tem apenas 32 dias de vida.

Bruna, que é manicure, se especializou também em fazer adesivos para unhas. Ela usa as redes sociais para divulgar seu trabalho e além disso vender semijoias para ajudar no sustento da família. Ela engravidou em fevereiro deste ano, de forma inesperada, diz ela. Em junho, na sua segunda ultrassonografia veio a informação que seria uma menina. O fato viria coroar a vida de uma mulher que já era mãe de dois meninos. O pai, que já tinha um casal de filhos, sendo uma menina de um relacionamento anterior, brincou que agora daria para formar 'dois casais'.    

Encantada com a gestação até então sem percalços, Sanches fez um ensaio fotográfico com adereços femininos. ''Tinha vestidinho, sapatinho de menina. Ela seria a Sophia'', conta Bruna, ainda emocionada com a mudança repentina de rumos que a vida lhe trouxe. ''Ganhei muitos presentes, tinha de monte, sapato, vestido, manta, carrinho, tudo de menina'', completou. 

''Já tinha comprado lacinho para fazer um ensaio futuro com ela. Já estava imaginando a festa de um ano. Aí depois você tem de parar e repensar em tudo'', desabafa. A jovem mãe compartilha quase quase todos seus momentos no Facebook, e os amigos da rede social puderam acompanhar o que ela sentia durante a gestação. No dia 1 de novembro, já bastante ansiosa para a chegada da 'Sophia', Bruna brincou no Facebook: ''Papai Noel chegando e a Sophia enrolando...''. Os futuros momentos ao lado da filha foram divididos com os amigos em forma de fotos. Em uma delas, Bruna compartilha um álbum de outro perfil que mostra mãe e filha em um ensaio fotográfico, vestidas iguais. No recado ela diz: ''Eu e Sophia''.

(Bruna idealizava aniversário de um ano para Sophia - Foto: arquivo pessoal)

Em troca, ela também recebia forças dos amigos e familiares. Ainda crendo que seria uma menina, uma pessoa publicou na rede: ''Que Deus abençoe que tenha um bom parto já amo minha priminha e princesa''. Outro recado para Bruna dias antes do parto trazia uma mensagem de fé:''Que o criador abençoe e proteja sempre vcs, bom parto e que a princsa sophia venha com muita saúde''. 

No total, Sanches havia feito oito ultrassonografias, sendo todas mostrando que ela seria mãe de menina. Sobre essa questão, Bruna questionou os médicos, e ficou sabendo que o bebê estava com as perninhas cruzadas durante a realização das sonografias, o que escondia o órgão dele.

(Vestidos que seriam da Sophia tiveram de ser trocados - Foto: arquivo pessoal)

A cesárea de Bruna estava marcada para o dia 20 de novembro. Porém, no dia 10, ela passou mal. Ao chegar à Maternidade Cândido Mariano soube que seria internada imediatamente. ''Foi tão rápido, começou a dilatar tão rápido'', contou. Ela lembra de sua última postagem no Facebook antes de dar a luz foi: ''Sentindo-me ansiosa, será que a Sofia já vai vir?''.

O parto de Bruna precisou ser normal e feito rapidamente. Minutos depois do nascimento, a jovem tomou o maior susto de sua vida. Segundo ela, o médico falou: ''Tem um meninão grande e saudável aqui''. A mãe  ficou tão pasma com a surpresa, que o médico achou que ela estava tendo complicações pós-parto. ''Quando eu vi o órgão dele eu fiquei em estado de choque. Só recuperei o fôlego instantes depois, daí eu expliquei ao médico que estava esperando menina'', relembrou.

Antes do parto, a mãe do pequeno Mateus achou que iria para uma consulta normal na maternidade, e por isso dispensou a prima. Passou as primeiras horas de susto sozinha e só conseguiu avisar sua mãe, dona Ermínia, porque emprestou o telefone de uma mulher no local. ''Primeiro avisei minha mãe, depois ela avisou minhas tias e assim por diante, até que uma prima avisou o meu marido'', explicou.


(Devido ao imprevisto, Mateus Alexandre só ganhou o nome dois dias depois - Foto: arquivo pessoal)

Mateus Alexandre veio ao mundo causando surpresas e nasceu com 3,78 quilos e 49 centímetros. Ainda nas redes sociais fez questão de esclarecer: ''Passada do susto, vim aqui informar que não fiquei triste por ter vindo um menino pelo ao contrário amo amo , pois filho a gente ama pq e nosso pq veio da gente e não pelo sexo, ansiosa estava por uma menina não veio Deus sabe de todas as coisa ,amo meu filho dependente de ser menina ou menino nasceu de mim.

Correria

Assim que teve alta da maternidade, Bruna viveu uma intensa correria para trocar os presentes femininos que havia ganhado. Foi no grupo do Facebook Comércio Delas, que ela conseguiu rapidamente o enxoval do garotão Mateus. ''Consegui tudo o que estava faltando, algumas coisas eu doei para quem estava precisando, e outras pessoas compraram tudo novamente'', agradece.

Futuro

Uma nova gravidez está praticamente descartada por Bruna, que só não fez a laqueadura, pois teve um parto tumultuado e não pode receber anestesias. Mas ela destaca que a Sofia, esperada por tanto tempo e com tanto carinho pode vir em forma de uma futura adoção. ''Por enquanto tenho minha sobrinha para paparicar, tenho uma cunhada que está grávida e deve ser uma menina'', brincou. 

Veja também