TCE ABRIL 16 A 22/04
Menu
segunda, 19 de abril de 2021
COVID CONFLITO
Geral

Acusado de estupro, Anderson do Molejo assume sexo com rapaz e diz que foi consensual

Ele prestou depoimento à polícia nesta sexta-feira, no Rio de Janeiro

05 fevereiro 2021 - 20h11Por Thiago de Souza

O cantor Anderson Leonardo, vocalista do Grupo Molejo, prestou depoimento à Polícia Civil, nesta sexta-feira (5), no Rio de Janeiro. Acusado de estupro, ele declarou nas redes sociais que teve relação sexual com um cantor de 21 anos, mas que foi consensual. 

Maylon Douglas Pinto de Nascimento Adão, o MC Maylon, disse à polícia que, na noite de 11 de dezembro de 2020, foi estuprado por Anderson, que havia lhe levado ao motel sem avisar, a pretexto de falar sobre a carreira artística dele. 

Anderson, que até então não havia se manifestado sobre as acusações, admitiu ter feito sexo, mas que tudo foi consensual, segundo o Metrópoles.  

O gerente e um funcionário do motel em Sulacap, zona oeste do Rio de Janeiro, onde teria ocorrido o crime, são esperados para depor na próxima semana. A polícia também aguarda as imagens do circuito interno do estabelecimento. 

Nesta quinta-feira (4), Maylon prestou um novo depoimento à polícia e na ocasião entregou uma cueca, que ele usou no dia do crime, e também um sabonete do motel. Desde que tornou o caso público, o rapaz se diz chocado e abalado com toda a situação. 

“Estou passando por tratamento psicológico, minha família é a base de tudo. Eu não esperaria isso de um cara que eu chamava de pai, eu tatuei ele no meu braço, e ele ter feito isso comigo”, contou Maylon.