Menu
Busca quinta, 14 de novembro de 2019
Geral

Advogada bolsonarista pede estupro e morte para filhas de ministros do STF

A advogada gaúcha Cláudia Teixeira Gomes expôs toda sua ira em uma publicação após decisão do STF

10 novembro 2019 - 12h15Por Rayani Santa Cruz

A decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) de cumprir a Constituição e reverter entendimento anterior, que permitia a prisão de pessoas sem o trânsito julgado da sentença, causou revolta entre aliados da Lava Jato e bolsonaristas.

A revista Fórum divulgou o caso da advogada gaúcha Cláudia Teixeira Gomes, que expôs toda sua ira em uma publicação. “Que estuprem e matem as filhas dos ordinários ministros do STF”, escreveu na sua página no Facebook, apagando o post pouco tempo depois. 

Advogada em Osório, no Rio Grande do Sul, segundo informações de seu perfil, a bolsonarista  não esconde sua adoração pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) e ministro Sergio Moro, com fotos dos dois na rede social.

Cláudia tem diversos posts com frases de ódio e indignação aos movimentos de esquerda. Ela não quis falar sobre o assunto com a reportagem.