A+ A-

sábado, 20 de abril de 2024

sábado, 20 de abril de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

Geral

17/08/2018 19:31

A+ A-

Amaducci inicia campanha com culto ecumênico no Lageado

Candidato ao governo do MS reafirmou a vontade de realizar uma gestão onde prevaleça a justiça social

Na manhã desta quinta-feira (16) o Partido dos Trabalhadores (PT-MS) iniciou sua campanha no Parque do Lageado com militantes, simpatizantes e moradores do bairro. Compareceram ao ato Humberto Amaducci, candidato ao governo do Estado, Luciene Silva, candidata a vice-governadora, Zeca do PT, candidato ao senado, além de candidatos a diversos cargos no pleito de outubro.

O Parque do Lageado foi escolhido como local do lançamento da candidatura por ter sido o local onde existiu o restaurante popular que servia refeições a R$ 1 real durante o governo popular de Zeca do PT. Projeto que será reativado caso Amaducci vença a eleição. 

O candidato ao governo de Mato Grosso do Sul fortaleceu seu discurso afirmando querer realizar uma gestão onde prevaleça, além do desenvolvimento do Estado, a justiça social.


O candidato ao Senado, Zeca do PT, também compareceu ao ato no Parque do Lageado (Foto: Divulgação / Assessoria)

"Em tempos sombrios como os de hoje, com aumento do desemprego, da fome das famílias brasileira, da desnutrição infantil, cada vez mais precisamos de políticas púublicas como as dos Restaurantes Populares para garantir que a população mais pobre possa se alimentar adequadamente", pontuou o candidato petista ao lembrar das ações do governo popular.  

O operador de máquinas pesadas, José Ayres, 62 anos, contou que diversas famílias se deslocavam dos bairros vizinhos como Dom Antônio, Parque do Sol para aproveitar a refeição barata, projeto extinto durante o governo de André Puccinelli. 

“Vinha gente de todos os lugares aqui. Mas duas semanas após assumir o André veio e fechou tudo, disse que era comida para vagabundo, agora ele tá lá com relogião no pé", brincou Ayes. 

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
GOVERNO MS DENGUE ABRIL 2024