TCE JUNHO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
segunda, 27 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Geral

Arma combate envio de drogas por drones em presídios e chama atenção pela aparência

Armamento parece metralhadora gigante

16 novembro 2021 - 15h52Por Thiago de Souza

O Governo de São Paulo comprou um armamento para combater o envio de drogas a presídios, por meio de drones. 

Conforme o G1, o dispositivo já começou a ser usado e combina detecção de frequências de ondas de rádios, áudio e sensor óptico. Ele emite uma frequência que interrompe a comunicação entre o drone e o criminoso que está no controle. 

O secretário de Administração Penitenciária de SP, Nivaldo César Restivo, detalhou que o agente emite a frequência e passa a comandar o drone. Sendo assim, o novo controlador faz com que o equipamento volte ao ponto da decolagem e rastreia o operador do aparelho. 

Segundo a TV Globo, 16 drones foram vistos sobrevoando penitenciárias paulistas. No ano seguinte, o número de aparições saltou para 158. Nesses dois anos, diz a apuração, nove equipamentos foram interceptados. 

Compra

O governo paulista comprou quatro armas antidrones, por R$ 2,8 milhões. Eles foram direcionados para prisões com maior incidência de aparição de drones.