TJMS dezembro
Menu
Busca quinta, 12 de dezembro de 2019
Geral

Esse é bom: prefeito se finge de cadeirante para testar servidores da Saúde

O administrador não acreditou no tratamento que recebeu

19 julho 2019 - 17h16Por Thiago de Souza

O prefeito da cidade mexicana de Cuauhtémoc, Carlos Tena, se fingiu de cadeirante para testar a qualidade dos profissionais de saúde do local. A medida foi tomada após casos de reclamação dos cidadãos. 

Tena passou dois meses montando um disfarce convincente e depois visitou funcionários públicos do Gabinete do Prefeito e dos Serviços Sociais, posando como um homem deficiente que precisava de ajuda. O prefeito entrou na Secretaria de Desenvolvimento Social em uma cadeira de rodas, buscando assistência. Ele pediu uma refeição grátis, que os deficientes e os cidadãos necessitados têm direito de acordo com a lei, mas foi ignorado e até mesmo discriminado.

Conforme o jornal mexicano Milênio, após a má experiência, Tena visitou seu próprio escritório pedindo para falar com o prefeito, mas foi informado de que ele não estava.

Quando pediu para falar com o Secretário da Câmara Municipal, foi rudemente tratado e informado que deveria esperar no corredor, já que o funcionário público não chegaria próximo ao horário do almoço.

Nesse momento, Tena já estava convencido de que as queixas que recebia eram verdadeiras, então saiu da cadeira de rodas e tirou o disfarce, deixando os funcionários da prefeitura em estado de choque. Ele deixou claro que não vai tolerar se souber que pessoas estão sendo maltratadas novamente. Se isso ocorrer, tomará medidas drásticas.