(67) 99826-0686
ALMS 13/06 a 12/07

Flamengo oferece apenas um salário mínimo por mês para famílias de vítimas do Ninho

Clube quer pagar, ainda, R$ 300 mil por danos morais. Proposta está muito abaixo do pedido

20 FEV 2019
Da redação / Meia Hora
14h53min
Foto: Reprodução / Meia Hora

Após não ter acontecido um acordo entre a proposta da Defensoria Pública do Rio e o Flamengo, familiares de oito dos meninos, que morreram após o incêndio do Ninho do Urubu, participaram nesta quarta-feira (20) de uma reunião junto de representantes da própria Defensoria e do Ministério Público do Trabalho. O encontro foi para orientar os familiares, já que o clube não aceitou os valores pedidos pelas instituições.

Enquanto a defensoria pública do Rio pediu uma pensão mensal de R$ 10 mil para os familiares por 30 anos, o Flamengo ofereceu um salário mínimo pelos próximos dez anos. Em relação aos danos morais, a defensoria estipulou o valor de R$ 2 milhões para cada família. Já o Flamengo se mostrou disposto a pagar um valor na faixa de R$ 300 mil a R$ 400 mil.

Veja também