TJ BANNER JUNHO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
sábado, 25 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Geral

Homem que matou a esposa grávida, enteada e vizinho é encontrado morto em cela

Caso teve bastante repercussão, quando o acusado fugiu por sete dias

18 janeiro 2022 - 12h40Por Antonio Bispo

Wanderson Mota de Protácio, acusado de matar a esposa grávida, a enteada de 2 anos, e um vizinho fazendeiro, em novembro de 2021, e depois protagonizar uma fuga de sete dias pela mata, em Gameleira (GO), foi encontrado morto dentro da cela na manhã desta terça-feira (18). 

De acordo com site Notícias R7, o caseiro estava preso no Complexo Prisional de Aparecida de Goiania e foi encontrado por dois servidores do presídio, pendurado com um lençol amarrado no pescoço. 

O caso é tratado como suicídio, mas as autoridades informaram que abriram um procedimento interno para investigar a causa da morte. 

Além disso, não divulgaram se o preso estava sozinho na cela, porém, na época em que foi detido, a Justiça determinou que o suspeito ficasse em cela separada dos demais. 

Em nota, a Superintendência de Segurança Penitenciária informou que o caso foi repassado à Polícia Civil. O IML (Instituto Médico Legal) foi até o local para a retirada do corpo.

O caso

A polícia encontrou os corpos da companheira de Wanderson, Rânia Aranha Figueiro, 21 anos, e da pequena Geysa Aranha na casa do casal, horas depois do crime. Ele foi filmado momentos antes, com as duas, em uma loja, comprando um celular.

A polícia só foi chamada, no entanto, porque, depois de assassinar a companheira e a enteada e roubar uma arma na casa do patrão, invadir a propriedade vizinha e matar um fazendeiro, uma das vítimas do agressor, a mulher do homem executado, Roberto Clemente de Matos, 73, se fingiu de morta para escapar de Wanderson. Nesse momento, ele já tinha fugido.