Menu
segunda, 17 de maio de 2021
MS CRESCE PELA VIDA 14 a 18/05/2021
Geral

Juíza suspende investigação por Felipe Neto chamar Bolsonaro de genocida

Magistrada viu ilegalidade na apuração de suposto crime

18 março 2021 - 16h12Por Thiago de Souza

A juíza Gisele Guida suspendeu investigação contra Felipe Neto por ter chamado o presidente Jair Bolsonaro de genocida. A magistrada viu ilegalidades na apuração dos fatos, que foi denunciada pelo vereador Carlos Bolsonaro. 

A suspensão da investigação da 38ª Vara Criminal do Rio se tornou pública nesta quinta-feira (18). No despacho, a magistrada anotou que o procedimento, baseado na Lei de Segurança Nacional – já que a vítima é o presidente da República – é de ‘’absoluta ilegallidade’’. 

A crítica feita por Felipe Neto, que é empresário e youtuber, se seu em razão do que ele acredita ser uma péssima gestão do presidente na condução da pandemia. 

Há pelo menos dois anos Neto faz duras críticas ao presidente. Apesar de engrossar o coro contra Bolsonaro, Felipe Neto foi visto várias vezes furando o isolamento social e até jogando futebol.