TJMS - novembro
Menu
Busca segunda, 18 de novembro de 2019
Geral

Lula discursa após soltura, chama Haddad de 'quase presidente' e provoca Bolsonaro

Ex-presidente disse que foi preso 'pelo lado sujo da PF'

08 novembro 2019 - 17h16Por Thiago de Souza

O ex-presidente Lula discursou para um público de cerca de 2 mil militantes, minutos após deixar a carceragem da superintendência da Polícia Federal, em Curitiba (PR). Ele ficou preso por 580 dias e foi solto graças a decisão do STF de acabar com a prisão após condenação em segunda instância.

De início, o petista agradeceu o apoio recebido de militantes em frente do prédio da PF  e leu cerca de 20 nomes anotados em uma lista.  

''Vocês ficaram aqui, seja no sol de 40 graus, seja na chuva e alimentaram a democracia'', destacou. Ele chamou Fernando Haddad de 'quase presidente', já que ele teria sido roubado na eleição de 2018. 

Lula fez críticas a Força-Tarefa da Lava-Jato que o levaram para a cadeia e também à Rede Globo.

''Fui condenado pelo lado sujo da PF, pelo lado sujo do MPF e pelo lado sujo da Justiça'', desabafou.
Ao chamar um apoiador no palco, que atua como chefe de segurança, Lula destacou que ele também é capitão, igual a Bolsonaro, e que o atual presidente é que deveria bater continência para ele.

Lula tem encontro agendado em São Paulo, neste sábado (9), no Sindicato dos Metalúrgicos.