TJ BANNER JUNHO 2022
PREF MARACAJU JUNHO REFIS 2022
Menu
sábado, 25 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Geral

Lula vence Bolsonaro 'com folga' no 2º turno, diz pesquisa ModalMais

Instituto testou cenários com diversos possíveis candidatos à presidência

26 janeiro 2022 - 20h42Por Thiago de Souza

O ex-presidente Lula, do PT, venceria Jair Bolsonaro, em eventual 2º turno das eleições presidenciais. O levantamento, divulgado nesta quarta-feira (26), mostra folga do petista em relação ao atual presidente (50,4% contra 37,8%). 

A pesquisa fez simulações com diversos candidatos no primeiro turno. Na primeira conjectura, foram 13 candidatos, segundo o UOL. 

Lula  tem 36,9% e Jair Bolsonaro  31,4%.  Sergio Moro tem 8,5% e Ciro Gomes  5,6%.  João Doria aparece com 2,4%;  André Janones 1,8% e  Guilherme Boulos, com 0,8%. 

Rodrigo Pacheco vem com 0,6%;  Simone Tebet tem 0,5% e Aldo Rebelo aparece com 0,2%. Leonardo Péricles marcou 0,2%;  Alessandro Vieira pontouou 0,1% e Felipe D'Ávila ficou com 0,1%. Nesta simulação, ‘’Não sabem ou não responderam’’ foram 5,6% e  ‘’Brancos e nulos’’ 5,1%. 

2º cenário

Lula fica com 39,5% ; Jair Bolsonaro 33,2% e Sergio Moro 8,4%. Ciro Gomes vem em quarto com 7,5% e João Doria, em quinto, com 3,2%. 
Ainda segundo o UOL, ‘’Não sabem ou não responderam’’ somaram 3% e  ‘’Brancos e nulos’’ 5,2%. 

O cenário 3,  avaliado pelo instituto, coloca os quatro candidatos mais bem pontuados em diversas outras pesquisas, sendo Lula, Bolsonaro, Moro e Ciro Gomes. 
Neste cenário, os números são: 

Lula 42,2% e Jair Bolsonaro 32,9%.  Sergio Moro tem 10,7% e Ciro Gomes  7,5%. ‘’Não sabem ou não responderam’’ foram  2,6%. ‘’Brancos e nulos’’ marcaram  4,1%. 

2º turno 

Nas simulações de 2º turno, a vantagem do ex-presidente Lula fica mais notória. 

Contra Bolsonaro, Lula vence por 50,4% a 37,8%. 

Lula x Ciro: 48,4% a 21,4%; 

Lula x Moro: 48,6% a 28,8%; 

Lula x Doria: 50,5% a 14,8%. 

ModalMais 

A pesquisa ouviu 2 mil pessoas por telefone entre os dias 17 e 21 de janeiro. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento tem grau de confiança de 95%, segundo o instituto, e foi registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-08869/2022.