TCE SETEMBRO
Menu
sexta, 24 de setembro de 2021 Campo Grande/MS
Geral

'Mãe, eu te atrapalho. O Jairinho diz que eu atrapalho', disse Henry a mãe

Menino conversou com a mãe logo depois de apanhar

15 abril 2021 - 14h42Por Thiago de Souza

Depoimento de uma cabeleireira, que atendeu Monique Medeiros, a mãe de Henry Borel, revelou que viu uma chamada de vídeo do menino para a mãe. Na conversa, em 12 de fevereiro, o garoto fez uma pergunta a ela. 

"Mãe, eu te atrapalho? O tio disse que te atrapalho". Em resposta ao filho, Monique disse que ele não a atrapalharia de maneira alguma. 

À Polícia Civil, a profissional, que não teve a identidade divulgada, contou detalhes da conversa. Ela revelou que Monique perguntou a Henry porquê ele estava chorando. 

"O tio bateu" ou "O tio brigou", respondeu. Logo depois pediu para que a mãe voltasse para casa logo "mamãe, vem pra casa logo". Após a conversa com o filho, a babá Thayna de Oliveira Ferreira filmou Henry mancando. 

Segundo o O Dia, depois de falar com o filho, Monique recebeu um telefonema de Jairinho, que o atendeu irritada. 

“Você nunca mais fale que meu filho me atrapalha, porque ele não me atrapalha em nada", e continuou “você não vai mandar ela embora, porque se ela for embora, eu vou junto. Porque ela cuida muito bem do meu filho. Ela não fez fofoca nenhuma (em referência à babá). Quem me contou foi ele”.

Ao fim da conversa, a professora respondeu da seguinte forma para Jairinho "Quebra, pode quebrar tudo. Você já está acostumado a fazer isso".

Depois de ter sido atendida, Monique saiu do salão apressada. A profissional diz que conheceu a professora em janeiro deste ano, quando ela esteve pela primeira vez no estabelecimento.

Depoimentos

Além da cabeleireira, a Polícia Civil ouviu a empregada de Monique e a irmã de Jairinho. Esta segunda é acusada de pressionar a babá do menino para mentir no depoimento.