Menu
quinta, 24 de setembro de 2020
Geral

Modelo brasileira é dada como desaparecida em Nova York

Eloisa Pinto Fontes, de 25 anos, foi vista pela última vez na terça-feira, quando teria ido ao consulado brasileiro em Nova York

08 junho 2019 - 15h02Por OP9

A modelo alagoana Eloisa Pinto Fontes, de 25 anos, foi dada como desaparecida na cidade de Nova York, nos Estados Unidos desde a terça-feira (4). Um amigo teria informado à polícia que ela contou que iria ao Consulado Brasileiro, que fica próximo ao Grand Central Station, para tirar um novo passaporte, pois tinha perdido sua bolsa com todos os documentos pessoais.

Eloisa Pinto foi vista pela última vez saindo da sede da agência Marilyn, que a representa, na Union Square. Ela estava em Nova York para realizar alguns trabalhos. O amigo informou que na última vez que a viu, a modelo estava “bastante agitada e confusa mentalmente”.

A polícia norte-americana foi acionada na sexta-feira (7) e informou que, por se tratar de uma mulher maior de idade, seria necessário esperar mais alguns dias para iniciar as investigações sobre o desaparecimento. A presidente da agência Marilyn, Maria Cognata, disse em entrevista que não poderia dar informações sobre a vida íntima dos seus agenciados.

Eloisa Fontes saiu de Alagoas em 2011 e foi para São Paulo inciar sua carreira como modelo. Ela foi casada com o modelo e produtor russo Andre Birleanu, de 41 anos, com quem tem uma filha chamada Azzura. Ele ficou conhecido pela sua participação no programa norte-americano da VH1 “America’s most smartest model”.

Eloisa, Azzura e Andre participaram da campanha de inverno da Dolce & Gabbana em 2015. A modelo alagoana também já fez capas para revistas conceituadas como “Elle”, “Grazia” e “Glamour”.

Leia Também

Especialista eleitoral diz que Papy não cometeu crime em reunião com comes e bebes
Política
Especialista eleitoral diz que Papy não cometeu crime em reunião com comes e bebes
Mortes diárias por covid-19 ainda são altas e total já chega a 139 mil no Brasil
Geral
Mortes diárias por covid-19 ainda são altas e total já chega a 139 mil no Brasil
Mulher finge sequestro do neto para extorquir família e é presa em Ponta Porã
Interior
Mulher finge sequestro do neto para extorquir família e é presa em Ponta Porã
Homem é achado morto em salão de beleza e polícia investiga caso em Ivinhema
Interior
Homem é achado morto em salão de beleza e polícia investiga caso em Ivinhema